Polícia Civil trata inicialmente o caso como acidental, mas aguarda depoimentos e laudos para conclusão

25 de junho de 2019

A Polícia Civil vai investigar a morte das duas crianças em uma piscina de uma casa abandonada em Itapema, no Litoral Norte catarinense, no sábado (22). Segundo a delegada Grace Closs, os pais vão prestar depoimento na terça-feira (25).

Morreram dois irmãos: uma menina de 1 ano e 9 meses e um menino de três anos. O pai pescava na praia quando as crianças desapareceram, por volta das 16h30. Uma hora depois, ele encontrou os filhos mortos em uma residência próximo a praia.

De acordo com o Instituto Geral de Perícias (IGP), o laudo cadavérico foi concluído e ambos morreram por afogamento. Segundo a delegada, até o início da tarde apenas o laudo do menino já constava do sistema da Polícia Civil.

“Um dos laudos já constatou o afogamento, o outro deve ser no mesmo sentido. Se trata, em princípio, de um caso trágico, acidental. Inicialmente seguirá essa linha”, explica a delegada Grace.

Ainda segundo ela, os depoimentos e os laudos feitos pelo IGP, no local dos fatos, serão anexados ao inquérito. Outras testemunhas também devem ser ouvidas. “Falando com o policial que atendeu a ocorrência no dia, foi um descuido do pai”, completa.

Crianças encontradas

Equipes dos bombeiros foram acionadas e tentaram procedimento de reanimação por cerca de 1h30 no sábado. No entanto, as duas crianças morreram no local.

Os irmãos foram velados e enterrados no domingo.

Mais Acessadas