Os bombeiros conduziram o homem até a Unidade Ambulatorial de Pronto Atendimento (UPA)

22 de julho de 2019

Na noite deste domingo (21), a Polícia Militar de Videira foi acionada para conter um haitiano que estaria ameaçando pessoas, na Avenida Antonio Nico Fávero. Segundo relatos, o homem estava apenas de cuecas, nas proximidades da ponte do Sesi.

Conforme informações, dois policiais verbalizaram com o homem que falava em linguagens estranhas e orientaram os pedestres a passar por outro lado. Neste momento, o homem passou a subir nas árvores e querer ir em direção a ponte, o que foi evitado pelos militares.

Os policiais mantiveram o controle da ocorrência, até que a equipe do Corpo de Bombeiros deslocasse para removê-lo até o atendimento médico. Em determinado momento, o homem correu até um Cabo da PM, com o intuito de agarrá-lo, momento que houve a necessidade do uso da força controlada e o algemamento para o transportes em segurança.

Os bombeiros colocaram o homem em maca rígida e o conduziram até a Unidade Ambulatorial de Pronto Atendimento (UPA).

Segundo informações, após ao atendimento médico na UPA, o cidadão que hora falava em português, outras em lingua estrangeira, dizendo ser um demônio do Haiti e um animal, foi encaminhado para o Hospital Divino Salvador.

De acordo com a reportagem do Espião Noticias, os policiais militares informaram não ser a primeira vez que o homem surta e provoca essas situações.

Homem transtornado ameaça pessoas em Videira

Na noite deste domingo, (21/07/19) quem passou pela Avenida Antonio Nico Fávero, a Beira Rio de Videira, percebeu que um homem de origem haitiana, estava ameaçando as pessoas, vestido apenas de cuecas, nas proximidades da ponte do Sesi.Várias pessoas ligaram para o 190 da Policia Militar e uma gaurnição foi deslocada para atender a ocorrência.Os dois policiais, verbalizaram com o homem que falava em linguagens estranhas e orientaram os pedestres a passar por outro lado. Neste momento, o homem passou a subir nas árvores e querer ir em direção a ponte, o que foi evitado pelos militares. Os policiais mantiveram o controle da ocorrência, até que a equipe do Corpo de Bombeiros deslocasse para removê-lo até o atendimento médico. Em determinado momento, o homem correu até um Cabo da PM, com o intuito de agarrá-lo, momento que houve a necessidade do uso da força controlada e o algemamento para o transportes em segurança.Os bombeiros colocaram o homem em maca rígída e o conduziram até a Unidade Ambulatorial de Pronto Atendimento (UPA). Segundo informações, após ao atendimento médico na UPA, o cidadão que hora falava em português, outras em lingua estrangeira, dizendo ser um demônio do Haiti e um animal, foi encaminhado para o Hospital Divino Salvador.A reportagem do Espião Noticias, conversou com os policiais militares, os quais informaram não ser a primeira vez que o homem surta e provoca essas situações.

Publicado por Espião Noticias em Domingo, 21 de julho de 2019

Mais Acessadas