O investimento foi de mais de R$ 40 mil. Público já pode agendar as visitas

24 de julho de 2019

O Museu Histórico do Contestado, localizado às margens da BR 153, foi restaurado e reaberto para a população no início desta semana. O local já está recebendo os visitantes. O investimento na reforma foi de R$ 45 mil.

O Museu foi construído em 1998 próximo ao local onde ocorreu o “Combate de Irani”, episódio da Guerra do Contestado. O objetivo do empreendimento é conservar e transmitir os fatos ligadas a história através de apresentações culturais, livros, fotografias, documentos escritos e objetos que contam parte da história do Contestado. O Museu guarda artigos e peças que lembram o Monge José Maria, a batalha dos caboclos e soldados e um memorial em homenagem ao historiador Vicente Telles. “O Museu é muito importante para Irani. A história da Guerra se mistura com a história do nosso município, a primeira batalha aconteceu aqui, então é necessário preservar e valorizar o nosso passado”, registra a diretora de Cultura Luciani Fátima de Oliveira.

Ela comenta que a restauração era uma necessidade. “É como uma casa, que com o passar do tempo precisa de reformas. O Museu é feito em madeira e taquara e com o tempo isso foi se deteriorando. A gente fez a reposição da madeira, já trocamos o telhado e o forro. Também melhoramos o ambiente interno e ajustamos a moldura dos quadros históricos”, detalha Luciani.

O Museu funciona de segunda a segunda, das 8h às 17h e a visitação é gratuita. Quem deseja organizar excursões, deve agendar a visita através do site da Prefeitura de Irani. “A gente convida a todos para que visitem nosso Museu. Recebemos cerca de sete mil pessoas por ano no local. Temos mais de 60 escolas que já agendaram visitas e estavam aguardando esta restauração”, finaliza a diretora. CLIQUE AQUI para agendar sua visita!

Mais Acessadas