A proposta é da empresa HMI, do Rio de Janeiro, que trabalha com esse tipo de projeto desde a década de 1960

25 de julho de 2019

Apresentado na quarta-feira à noite pela prefeita Nilza Simas (PSD), o projeto escolhido para o píer turístico da foz do Rio Perequê, em Itapema, deve custar cerca de R$ 19 milhões.

A proposta é da empresa HMI, do Rio de Janeiro, que trabalha com esse tipo de projeto desde a década de 1960.

Com restaurantes e espaços de lazer, o píer será construído em parceria público-privada. A estrutura é montada sobre pilastras. Embaixo do píer há um molhe, que terá a função de direcionar para alto mar as águas do Rio Perequê.

A proposta, agora, passará por consulta pública antes de entrar em processo de licitação. A ideia é que o píer esteja pronto para a temporada 2020-2021.

Mais Acessadas