Leomar de Mattos responde por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e por dissimulação

20 de agosto de 2019

A acusado de assassinar a tiros Amarildo Dal Puppo, em Irani, será submetido a julgamento popular no dia 24 de setembro, às 9h. A decisão foi publicada nesta semana pela Justiça da Comarca de Concórdia.

Leomar de Mattos responde por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e por dissimulação.

O réu segue recolhido no Presídio Regional de Concórdia. O homicídio ocorreu no final do ano passado foi investigado pela Divisão de Investigação Criminal de Concórdia. Segundo os autos do processo, o autor do assassinato teria atraído a vítima ao local do crime por um aplicativo de conversa no celular. Lá, ele disparou diversas vezes pela janela do carro atingindo a vítima que teve morte instantânea.

O corpo foi localizado somente ao amanhecer quando alguns motoristas que passaram pelo local encontraram o carro no acostamento da via. 

Mais Acessadas