Júnior ‘Cigano’ busca reconquistar o cinturão dos pesos-pesados do UFC

31 de agosto de 2019

Com uma vitória para cada lado no confronto pessoal entre Stipe Miocic e Daniel Cormier, uma trilogia seria a maneira perfeita de desempatar a disputa e coroar o rei dos pesos-pesados do Ultimate. No entanto, há quem pense diferente. Na visão de Junior ‘Cigano’, um terceiro confronto entre o atual campeão e ‘DC’ não faz sentindo algum no momento.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, o brasileiro justificou sua opinião baseado em como os duelos entre os dois transcorreram. Quando destronou Miocic ainda no primeiro assalto, Cormier teria contado com um momento de sorte, ao menos na opinião de Cigano. Já no segundo confronto entre os pesos-pesados, ainda de acordo com Junior, foi possível perceber que Stipe se superou durante a luta e demonstrou ser mais ‘duro’ que DC.

“Essa trilogia entre Miocic e ‘DC’ não faz sentido algum. Miocic provou que é o campeão. Essa é a categoria mais perigosa de todo o esporte, porque quando você conecta um bom golpe, seu oponente vai para a lona. E foi isso que aconteceu na primeira luta entre os dois. Cormier conectou um soco e o Miocic sentiu. Foi parecido do que aconteceu comigo contra o Ngannou, foi um momento de sorte. Sem querer tirar o mérito do DC, mas foi um momento de sorte. Mas agora o Miocic foi lá, sofreu, sobreviveu nos primeiros rounds, se recuperou, se impôs e conquistou a vitória. Foi uma performance brilhante. Eu já era fã do Miocic, e agora sou ainda mais. Ele merece ser o campeão, ele é o cara mais durão no planeta hoje, então não faz sentido essa trilogia entre eles”, opinou Cigano.

Com o cinturão em mente e em busca de redenção após a derrota sofrida para Francis Ngannou, o brasileiro pode estar próximo de acertar seu próximo compromisso na liga de MMA mais famosa do planeta. Junior confirmou os rumores de uma possível luta diante do russo Alexander Volkov e sinalizou positivamente o confronto – que ainda não foi oficializado.

AgFight

Mais Acessadas