Dia 6 de setembro se comemora o Dia do sexo, uma data que muita gente por aí quer comemorar em grande estilo

5 de setembro de 2019

Hoje o papo é com elas, sobre nós homens. Dia 6 de setembro se comemora o Dia do sexo, uma data que muita gente por aí quer comemorar em grande estilo (hehe). Imagine você, que neste exato momento, em que você está lendo esse texto, cerca de 80 mil relações sexuais estão acontecendo. Não é louco isso? Todos os dias acontecem 114 milhões de relações sexuais pelo mundo, segundo informações do International Planned Parenthood Federation. Isso quer dizer que, por hora, há 4,75 milhões de casais transando.

Leia também: Dia do Sexo: o que é orgasmo e como chegar lá?

Desde que o mundo é mundo, o ser humano é movido por sexo. Cada vez mais se fala sobre esse assunto e vários segredos e artimanhas são revelados, facilitando e descomplicando (na minha opinião) a vida de muita gente. Mas ainda há muito a ser dito! Por isso, resolvi fazer a minha contribuição para isso e vou revelar para a mulherada de plantão, algumas curiosidades sobre os homens que talvez elas não saibam! Olha isso…

Somos tão inseguros quanto aos nossos corpos quanto as mulheres

Em 2014, uma pesquisa britânica apontou para o fato de que 30% dos homens se sentem infelizes com seus corpos, quase que igualando a proporção das mulheres, que batem 35%. Para se ter uma ideia, 25% dos entrevistados preferem fazer sexo com as luzes apagadas para que sua autoconfiança durante o ato não seja abalada. A pesquisa mostra ainda que 23% dos homens são insatisfeitos com o tamanho do seu pênis e que (pasmem) 63% deles, gostariam de ter um pênis maior. Eu e meus amigos, discutindo sobre isso, brincamos com a ideia de que todos os homens gostariam daqueles 2 cm a mais!

Anal

Contrariando a ideia de muitas mulheres que acham que homens são obcecados por essa ideia, a pratica masculina prova o contrário. Embora haja uma ascensão na busca pelo sexo anal entre os jovens, somente 19% dos homens já investiram nessa possibilidade. A curiosidade talvez seja o grande motivador para fazer o sexo anal, mas há indícios de que, depois de experimentado, a maior parte dos homens “relaxam na ideia” e não substituem o sexo vaginal.

Podemos ter orgasmos sem ejacular

É claro que geralmente, quando se fala em orgasmo masculino, as pessoas (inclusive nós homens) associamos a ejaculação. Mas as duas coisas não são a mesma coisa. Elas só, na maioria das vezes acontecem simultaneamente. É possível que o homem chegue ao auge do prazer em uma relação sexual sem ejacular. E digo mais, a reciproca também é verdadeira. A ejaculação sem chegar o orgasmo pode acontecer, e é até normal isso acontecer.

Gostamos mais de sexo matinal

É quase que uma constante entre os homens. Se formos escolher entre a manhã e a noite, geralmente, elegemos as primeiras horas do dia para praticarmos o sexo. Inconscientemente, escolhemos essa hora do dia por uma questão fisiológica. Pela manhã, os níveis de testosterona, o hormônio sexual predominante nos homens, são mais elevados, o que nos faz acordar pensando naquilo. Outra questão é que quanto melhor dormimos, maiores são os níveis desse hormônio, colocando-nos pronto para a ação logo que acordamos. Mas não pensem as mulheres que sempre que acordamos ereto queremos sexo! Acordamos eretos por uma resposta fisiológica, muitas vezes nossas bexigas estão cheias e nosso estado de relaxamento é tanto que nossos pênis ficam cheios de sangue, ocasionando a ereção, mas é só ir ao banheiro e acordar para um dia longo de trabalho e obrigações, que aquela potência toda se acalma.

Gostamos daquela espiadinha

Para nós homens, dar aquela espiadinha é tão bom quanto aquilo que conseguimos. Gostamos de ver as mulheres tomando banho ou até se masturbando “escondidas” (por favor, permitam-nos a espiar as vezes). Alguns terapeutas sexuais, inclusive, incentivam as mulheres a sempre deixar uma peça de roupa e não se despir totalmente na hora da transa, para instigar a imaginação masculina. Os homens vão muito pelo apelo visual, gostam de se ver no espelho durante o ato, de se ver na hora H.

Há muito para se pesquisar e saber sobre o sexo e a informação é a melhor ferramenta para conhecer nossos atos, comportamentos e gostos. Homens podem até ser diferentes de mulheres na hora H, mas a química e o envolvimento durante a transa é o que deve prevalecer nessa troca de prazer. E lembre-se, vai comemorar o dia 6 com grande estilo? Usa camisinha ai! Espero que tenha gostado do texto de hoje! Até semana que vem!

Mais Acessadas