A Polícia Militar solicitou reforço de Capinzal, devido a gravidade da situação

23 de setembro de 2019

Dois homens foram presos entre a noite de sábado (21), e madrugada de domingo (22), em Piratuba. Os motivos, são desacato, ameaça, desobediência a ordem policial e resistência à prisão.

A Polícia Militar recebeu uma denúncia informando que um Fiat Stilo, com placas de Concórdia, estava andando em alta velocidade e fazendo  ultrapassagens pelo acostamento na Avenida 18 de Fevereiro, próximo à Praça do Ferroviário.

O automóvel foi abordado em frente a uma conveniência, na Avenida 18 de Fevereiro. Ele era ocupado pelo condutor R.A.T., e o passageiro, E.H. Os militares solicitaram a documentação do carro, mas o motorista se recusou a entregar e começou a ameaçar e desacatar os policiais.

Os policiais ofereceram o teste do bafômetro ao condutor do automóvel, mas ele também recusou. Depois de algum tempo de discussão , os dois se entregaram e foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Joaçaba.

A Polícia Militar solicitou reforço de Capinzal, devido a gravidade da situação. O delegado regional não havia arbitrado a fiança até o fechamento dessa matéria. Os dois  homens estão presos no Presídio Regional de Joaçaba.

O Fiat Stilo foi recolhido ao pátio do guincho credenciado por licenciamento vencido.

Mais Acessadas