Formas de reconhecimento de João Maria, símbolos e espaços sagrados e as mudanças nas relações familiares e sociais foram abordados pela Dra. Tânia Welter

22 de outubro de 2019

O Município de Caçador vive um momento especial entre os dias 21 e 27 de outubro, quando acontece a 5ª Semana do Contestado. Em uma iniciativa da Prefeitura de Caçador, através da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Turismo com apoio dessa Casa em parceira com diversas instituições locais. A abertura oficial aconteceu nessa segunda-feira (21), com a palestra: “Dialogando sobre o meio ambiente com os saberes e dizeres do Profeta São João Maria”, de Dra. Tânia Welter, no Plenário Osvaldo José Gomez.

As formas de reconhecimento de João Maria: santo, profeta, guia de procedimentos de cura, símbolo de luta pela terra e divindade foram apresentados, bem como os símbolos e espaços sagrados. “Foi num privilégio participar da abertura da 5ª Semana do Contestado, onde trouxe algumas reflexões, tentei fazer um diálogo com a questão do meio ambiente considerando saberes e dizeres do profeta São João Maria, uma entidade muito importante. Muito importante essa parceria do Poder Público investindo na formação das pessoas e de todos conhecerem a história da sua região, valorizando a sua própria identidade”, salienta a palestrante.

 “Essa Casa Legislativa sente-se honrada em sediar mais uma vez a Semana do Contestado, evento responsável por promover o debate e reflexões sobre a valorização da identidade cabocla dando eco aos argumentos de preservação do meio ambiente e a relação do homem com a natureza”, destaca o presidente da Câmara Municipal, Alcedir Ferlin, que conduziu os trabalhos da mesa.

Formaram também a mesa de honra: Alencar Mendes, vice-prefeito de Caçador, Dom Severino Clasen, bispo diocesano de Caçador, Enemir Corozolla, secretário Municipal de Esporte, Cultura e Turismo, Neoberto Balestrin, cidadão honorário de Caçador, Ricardo Pelegrinello, autor da Lei que instituiu a Semana do Contestado no Município e a palestrante, Tânia Welter.

“Acompanho a realização das outras edições da Semana do Contestado e percebemos quantos resultados, por isso destaco a nossa responsabilidade de organizar a 5ª Semana, que a cada ano fica maior, porque já faz parte do calendário do nosso Município”, comenta o vice-prefeito de Caçador, Alencar Mendes.

“Há cerca de 800 anos tínhamos São Francisco de Assis que já falava do cuidado com a natureza e há cerca de 100 anos, o monge João Maria, que retratou a mesma preocupação. E hoje, a Semana do Contestado, que promove essa integração unindo os dois através da Semana do Contestado”, comenta Dom Severino Clasen, bispo diocesano de Caçador.

“Agradecemos a ilustre presença da Dra. Tânia Welter, que nos trouxe a sabedoria do profeta João Maria, o monge do Contestado que pregou o amor e o cuidado com a natureza, um tema sempre atual. Parabenizamos os nossos artistas pela belíssima apresentação, e estendemos o nosso convite a todos para participar das atividades propostas pela 5ª Semana do Contestado”, relata Ricardo Pelegrinello.

Mais Acessadas