Competição de rally regularidade do Oeste Catarinense já tem campeões definidos na categoria Graduado

24 de outubro de 2019

A chuva caiu forte na região de Caçador às vésperas da quarta prova do ano da Copa Scherer 4×4 Carbon Free e fez a alegria de pilotos e navegadores que gostam de disputas mais apimentadas. Além de ter uma das melhores matérias-primas para organização de provas de rally regularidade do Brasil, a cidade de Caçador foi premiada com o clima ideal no último sábado, dia 19 de outubro. A chuva que caiu na véspera deu folga na hora da prova e os carros das categorias Graduado, Turismo e Turismo Light competiram com segurança, mas escorregaram muito e os pilotos tiveram trabalho para manter o traçado e as médias de velocidade exigidas em planilha.

A prova de Caçador contou com 83 quilômetros de percurso, sendo 63 de trecho navegado, e cerca de 3h30min de duração. A largada aconteceu no Parque Central José Rossi Adami e a chegada na sede do Caçador Jeep Clube. Os competidores enfrentaram desafios e encontraram muita diversão no meio dos reflorestamentos da região e na pista de Motocross que foi responsável por finalizar a prova do dia. A disputa foi válida pelas 7ª e 8ª etapas da competição deste ano e já definiu os campeões de 2019 da categoria Graduado. As disputas da Turismo e da Turismo Light seguem abertas e os campeões serão conhecidos somente na final da competição marcada para o dia 23 de novembro na cidade de Videira.

Campeões antecipados na Graduado

O piloto Leandro Riffel, de Piratuba (SC), e o navegador Michael Masson, de Capinzal (SC), que competem pela equipe GS Racing, venceram as três últimas provas da competição e já confirmaram o título da Graduado, categoria destinada aos competidores mais experientes. Com os pontos conquistados até agora, mesmo que a dupla não largue na última prova, não tem mais como ser alcançada pelo segundo colocado. “Conseguimos um ótimo resultado, que nos coloca como líderes do campeonato e já campeões da Copa Scherer 2019 faltando uma prova para terminar o ano. Fica o meu agradecimento ao Michel pelo companheirismo e amadurecimento enquanto dupla”, diz Leandro. “Até agora foram quatro provas realizadas, onde tivemos três primeiros lugares e um segundo lugar, não teria como ser melhor para nós. Só tenho a agradecer ao piloto que nos dá toda a infraestrutura para competirmos em alto nível, além da pilotagem sempre acima da média”, detalha Michael.

Para Leandro, a prova de Caçador foi uma das melhores disputadas pela dupla em 2019. “Caçador foi uma prova do jeito que o rallyzeiro gosta, com muito barro, pista molhada, médias justas e balaios (trechos mais difíceis, com referências mais próximas e normalmente com pegadinhas). Foi um verdadeiro parque de diversões, uma etapa que considerei entre as melhores provas desse ano entre tantas que corremos, foi literalmente de suar a camisa, pois o carro teimoso estava toda hora de lado, escorregando”, conta o piloto de Piratuba.

Michael destacou a fórmula da organização da competição em 2019 e a nova direção de prova. “Esse ano a Copa Scherer está surpreendente, e acho que muito se deve à escolha do diretor de prova, que agregou ainda mais qualidade ao evento. A organização toda está de parabéns. Se mantivermos a fórmula nos próximos anos com certeza teremos um dos maiores campeonatos nacionais. A prova de Caçador foi uma das mais completas do campeonato e talvez do ano. Exigiu extrema habilidade e agressividade do piloto, muita atenção do navegador e um carro bem preparado, já que as médias eram altas e o terreno estava liso. Foi muito difícil andar no tempo, mas foi uma prova para sair do carro com um sorriso no rosto”, destaca o navegador campeão da Graduado.

Pais e Filhos seguem disputa na Turismo

A categoria intermediária da Copa Scherer 4×4 Carbon Free segue fazendo a festa de pais e filhos na competição. Desta vem a dupla que levou a melhor na Turismo veio de Fraiburgo (SC) e é formada pelo piloto Paulo Lacowicz e o seu filho, o navegador Ramon Lacowicz. “As provas da Copa Scherer deste ano estão todas muito bem feitas, tanto na escolha de terrenos como nas médias de velocidade. A organização está espetacular e em Caçador não poderia ser diferente, ainda mais com a recepção do pessoal do Jeep Clube. A chuva da véspera veio para ajudar e deixar tudo ainda mais divertido. Foi uma prova muito arrojada devido ao piso liso e as médias bem altas. Nossa dupla se perdeu um pouco na primeira etapa, mas nos recuperamos bem na segunda. Que venha a final em Videira e de preferência com muita chuva, aí as dificuldades aumentam e nossa dupla, com modéstia à parte, anda bem em piso molhado”, afirma Paulo.

Na segunda colocação da Turismo outra dupla de pai e filho marcou presença no pódio, mas já pensando no título da competição. O piloto José Andrade Junior e seu filho, o navegador Bernardo Schafer Andrade, vieram de Piratuba (SC), assumiram a liderança da classificação geral e estão próximos do título da categoria Turismo. “A prova de Caçador foi um grande desafio para nós. Eu estava com muita dor de garganta, quase não conseguia falar, mas decidimos tentar. A prova estava muito escorregadia, desafiando os competidores. Era muito difícil para o piloto manter o carro no traçado, imagina manter média. Ao navegador o desafio foi manter o carro no hodômetro ideal. Quero parabenizar o meu piloto pela pilotagem que ele realizou. Também fico muito feliz por poder competir ao lado do meu melhor amigo, meu pai, que desde o começo me incentivou e teve calma comigo. Obrigado pai”, comenta Bernardo.

Caçadorenses no pódio da Turismo Light

Pela categoria destinada aos competidores que estão iniciando no esporte, o piloto Gilson Pedro Savaris, de Capinzal (SC), e o navegador Matheus Driessen, de Caçador (SC), venceram novamente. Pela classificação geral de pilotos, Gilson segue na liderança da Turismo Light. “O conjunto da prova foi excelente, o terreno, a chuva da semana e a parte técnica bem elaborada, que incluiu médias mais altas, tudo isso garantiu a diversão do final de semana. O terreno molhado foi adrenalina para todas as categorias. A cada etapa o Rech (Alexandre, diretor de prova) inclui uma novidade para melhorar as provas. Essa em específico exigiu um pouco mais do navegador e do piloto. Provas assim dão gosto de andar e conseguir vencer então, é melhor ainda”, destaca Gilson.

Já o navegador campeão da Turismo Light pôde competir na sua cidade natal, mas, como só formou a dupla com Gilson a partir da segunda prova do campeonato, está na terceira colocação da classificação geral de navegadores da categoria. “A dupla com o Gilson está dando muito certo. Essa é a terceira prova que estamos competindo juntos e a segunda que saímos campeões. Competir em sua cidade é sempre algo diferente e ganhar uma prova excelente assim, é espetacular. A chuva que caiu na cidade na semana anterior deixou a prova ainda mais gostosa, muito barro, pista muito lisa e adrenalina do começo ao fim. A prova exigiu muito, tanto de piloto quanto de navegador. Foi com certeza uma das melhores do campeonato”, afirma Matheus.

Além do primeiro lugar no pódio da Turismo Light, a cidade de Caçador também contou com um representante no quarto lugar da categoria. O navegador Diógenes Pegoraro conquistou a colocação ao lado do piloto de Tubarão (SC), Ramon Oliveira de Souza. Após o resultado de Caçador, Diógenes está em quarto lugar na classificação geral de navegadores da Turismo Light.

Passeio Caçador Jeep Clube

No mesmo dia da prova da Copa Scherer 4×4 Carbon Free, o Caçador Jeep Clube, apoiador do evento, realizou um passeio em comemoração aos 20 anos de fundação do clube. O Passeio Radical contou com trilhas, atoleiros, lindas paisagens e muita diversão para todo o público jipeiro da região.

Diferente da competição, onde os carros largam em disputa e têm velocidades e direções estipuladas em planilha, os carros do passeio saíram em comboio às 8h do Parque Central José Rossi Adami e seguiram por cerca de 50 quilômetros de muito barro, atoleiros, rios e descidas lisas com muita adrenalina. A chegada do comboio foi na sede do Caçador Jeep Clube onde aconteceu um almoço em confraternização com os competidores da Copa Scherer 4×4 Carbon Free.

Já antes da largada, o que marcava presença no evento era o companheirismo dos amantes do mundo off-road e do 4×4 que vieram de várias cidades da região Sul. Além de Caçador, estiveram presentes participantes de Monte Carlo (SC), Videira (SC), Lebon Régis (SC), São Bento do Sul (SC) e Passo Fundo (RS). O clima do Passeio Radical foi de muitas risadas e diversão. Em cada novo desafio, a festa recomeçava. O tempo favoreceu quem gosta da lama e ajudou o passeio tornando a diversão ainda melhor com muito barro nas passagens dos carros.

Inscrições já estão abertas para a final em Videira

A última prova da Copa Scherer 4×4 Carbon Free no ano acontece no dia 23 de novembro em Videira. As inscrições já estão abertas para a prova que valerá pelas 9ª e 10ª etapas do campeonato de 2019. Competidores das categorias Graduado, Turismo e Turismo Light podem garantir a sua presença se inscrevendo através do site www.copascherer4x4.com.br.

Compromisso ambiental

A especificação Carbon Free está ligada ao compromisso ambiental dos competidores e patrocinadores da Copa Scherer 4×4. Todo o carbono emitido pelos veículos é neutralizado por meio do plantio de árvores nativas. A atividade na maioria das vezes é realizada ainda em meio à prova. A cada 100 quilômetros percorridos por veículo, a organização garante que uma árvore seja plantada.

Calendário 2019

25 de maio | Joaçaba
10 de agosto | Fraiburgo
14 de setembro | Curitibanos
19 de outubro | Caçador
23 de novembro | Videira

Acompanhe a Copa Scherer!

Acompanhe o Facebook da Copa Scherer 4×4 Carbon Free no endereço facebook.com/copascherer4x4carbonfree e pelo Instagram no perfil @copascherer4x4carbonfree e fique por dentro das novidades sobre a prova. A competição também conta com Canal no YouTube, acesse e assista nossas aventuras.

A Copa Scherer 4×4 Carbon Free tem supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Federação de Automobilismo de Santa Catarina (Fauesc) e organização da West Eventos 4×4 Carbon Free. O patrocínio é de Scherer Autopeças, Mahle Original, Filtros Tecfil, Sabó, Motorkote, Monroe Amortecedores, SFI CHIPS, Maxxis Pneus, Salgadinhos STRIKE, Cup Noodles e Berg Bier Cervejaria. A etapa local contou com apoio do Caçador Jeep Clube e dos hotéis Brivali e Kindermann.

Confira abaixo os pódios completos da prova de Caçador da Copa Scherer 4×4 Carbon Free.

PÓDIO GRADUADO (Piloto/Navegador)

1º Leandro Rodrigo Riffel (Piratuba-SC) e Michael Masson (Capinzal-SC)
2º Everton Gratt (Capinzal-SC) e Wesley Sari (Ouro-SC)
3º Lauro “Papael” Gomes (Itapema-SC) e Leandro Ferreira (Curitiba-PR)
4º Flávio Roberto Kath (Blumenau-SC) e Igor Quirrenbach (Castro-PR)
5º Elói Petry e Naor Petry (Joaçaba-SC)

PÓDIO TURISMO (Piloto/Navegador)

1º Paulo Lacowicz e Ramon Lacowicz (Fraiburgo-SC)
2º José Andrade Junior e Bernardo Schafer Andrade (Piratuba-SC)
3º Fábio Dalpaz (Rio do Sul-SC) e Deivid Giacometi (Capinzal-SC)
4º Rogério Acunha e Gustavo Plieski (Concórdia-SC)
5º Ari Tondin e André Tondin (Piratuba-SC)

PÓDIO TURISMO LIGHT (Piloto/Navegador)

1º Gilson Pedro Savaris (Capinzal-SC) e Matheus Driessen (Caçador-SC)
2º Altair Maziero (Ouro-SC) e Eduardo Baldissera (Capinzal-SC)
3º Giovani Modolon (Jaguaruna-SC) e Fábio Conte (Joaçaba-SC)
4º Ramon Oliveira de Souza (Tubarão-SC) e Diógenes Pegoraro (Caçador-SC)
5º Egomar Parizotto e Francisco Sette (Ouro-SC)

Mais Acessadas