Entrega da honraria, formalizada através do Decreto Legislativo número 286, de 14 de maio de 2019, aprovada de forma unânime foi feita durante sessão solene

26 de outubro de 2019

Neoberto Geraldo Balestrin é oficialmente cidadão caçadorense. A entrega do título ocorreu nessa sexta-feira (25), no Plenário Osvaldo José Gomez. A solenidade concedida pelo Poder Legislativo Municipal trata-se de uma homenagem pelos relevantes serviços prestados à comunidade caçadorense e pela sua atuação exemplar na vida pública e particular. A concessão da honraria resulta da aprovação unânime dos vereadores da Casa Legislativa, formalizada através do Decreto Legislativo número 286, de 14 de maio de 2019.

“O Título de Cidadão Honorário de Caçador é conferido à pessoa não nascida em Caçador e que, reconhecida e comprovadamente, tenha prestado serviços relevantes ao Município, contribuindo para o seu desenvolvimento e que tenha se destacado pela atuação exemplar na vida pública e particular. Essa honraria se reveste de um significado especial que reconhece o valor de quem, como Neoberto Balestrin, orgulha a todos nós. Desta forma, reafirmamos a nossa gratidão por tudo quanto fez, faz e fará por essa terra e sua gente”, salienta Alcedir Ferlin, presidente da Câmara Municipal.

 “Meus amigos, recolho as dádivas que me permitem sustentar a minha família, a esta cidade continuarei dando o meu empenho e a minha dedicação. E, se tudo isso significa cidadania, com muito orgulho proclamo, então: SOU CIDADÃO Caçadorense com muito orgulho sim, orgulho este desprovido de qualquer vaidade“, salienta Balesrin”, ressalta Balestrin.

Além do homenageado, a esposa Rosana Aparecida Repa Balestrin e o filho João Antônio Repa Balestrin, formaram a mesa de honra: Saulo Sperotto, prefeito de Caçador; dra. Lívia Frâncio Rocha Cobalchini, diretora do Foro, juíza da 1ª Vara Cível e da Vara da Família, Infância, Juventude, Idoso, Órfãos e Sucessões e o deputado estadual Valdir Cobalchini, Cidadão Honorário de Caçador; Terezinha Moliterno Nunes Garcia, cidadã honorária, representando todos os cidadãos honorários de Caçador.

                Após apresentação da trajetória pessoal e profissional de Balestrin, através de vídeo, foi realizada entrega do título e realizadas homenagens de reconhecimento e agradecimento por sua efetiva participação, apoio e cooperação junto ao desenvolvimento de Caçador. Representantes da Associação Empresarial de Caçador – ACIC, Câmara de Dirigentes Lojistas de Caçador – CDL, Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB de Caçador, Associação Caçadorense de Educação Infantil e Assistência Social – Aceias, Loja Maçônica XV de Novembro, Rotary Clube Caçador, Sindicato do couro calçados e vestuário – Sincav, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe, Campus Caçador – UNIARP e FUNIARP prestaram a sua homenagem.

Prestigiaram o evento ainda o bispo diocesano, Dom Severino Clasen e os cidadãos honorários de Caçador: Augusto Frâncio, Egídio Ceccatto, Lucir Telmo Christ, Oneide Olsen e Waldir Pedro Binotto. Além dos vereadores Adriano Pares, Rubiano Schmitz, representando Reno Caramori, Cleony Figur, Itacir Fiorese, Jair Fernandes, Marcos Creminácio, Neri Vezaro, Paulo Jarschel e Sirley Ceccatto. Entre outras autoridades e convidados especiais.

JOÃO ANTÔNIO BALESTRIN, filho

“É difícil falar das pessoas que a gente ama, mas o meu pai é a pessoa mais engraçada que eu conheço, nos divertimos muito. Eu queria fazer isso o tempo todo, mas dizem que eu preciso estudar e aí não tem jeito, lá vai o João Antônio fazer as tarefas. Pai, você é incrível, sempre cuida de mim e da nossa família, me ensinando princípios e valores que eu levarei para toda minha vida, assim como também sempre levarei você no meu coração. Te amamos”, afirma.

GUILHERME BALESTRIN SARI

“Tu és incrível, tanto que hoje recebeste o reconhecimento pelo seu trabalho, pela dedicação e, principalmente, pelo amor que tens por esta cidade. Há quem diga que o título de cidadão honorário é uma espécie de adoção oficial da pessoa homenageada. Tal honraria é concedida para quem fez o bem em defesa do povo e do Município, é o mais sincero respaldo àquele que, apesar de não ter nascido nesta terra, escolheu-a como sua, decidiu viver, trabalhar, formar família e colaborar para o seu desenvolvimento”, destaca.

Mais Acessadas