A mulher está presa em Chapecó aguardando desdobramentos do processo

10 de novembro de 2019

O promotor público, Luis Otávio Tonial, denunciou nas últimas horas uma mulher presa por ter colocado fogo em uma residência no prolongamento da Rua Carlos Buchelle, no acesso ao bairro Vista Alegre, em Concórdia. De acordo com a denúncia, o Ministério Público pede que a Justiça da Comarca de Concórdia leve o caso a julgamento através de júri popular.

Conforme a denúncia, no dia 1º de novembro de 2019, por volta das 18h, a denunciada tentou matar suas duas filhas menores de idade. Após uma discussão, a mulher ateou fogo em roupas, cobertores e um sofá na casa em que as três moravam, estando todas elas em seu interior.

Após o fogo começar uma das filhas conseguiu fugir do local. A segunda também tentou escapar, porém teria sido impedida pela própria mãe que disse que ambas iriam morrer ali. A filha que fugiu do local conseguiu ajuda de vizinhos que ingressaram na casa e conseguiram soltá-la dos braços da denunciada.

No entendimento da Promotoria Pública a mulher (mãe) praticou o crime por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima. Além disso, colocou em risco outras pessoas que moravam próximas, inclusive moradores vizinhos. O caso será analisado pelo judiciário nas próximas horas.

De acordo com as informações, a mulher está presa em Chapecó aguardando desdobramentos do processo.

Mais Acessadas