Ronaldo Rodrigues, de 24 anos, morreu no local. Segurança do posto é o principal suspeito do crime

17 de novembro de 2019

Trata-se de ocorrência de Homicídio – Doloso consumado.
A Guarnição foi acionada via central de emergência para deslocar até o Posto, onde segundo ligações estaria havendo uma vias de fato generalizada.
Ao chegarem no local porém não havia mais vias de fato, somente com a fachada do posto toda depredada.
Ao adentrar no estabelecimento, visualizado um homem ao chão caído em Decúbito ventral próximo ao um balcão com forno microondas .
De pronto foi prestado os primeiros socorros, porém, a vítima não apresentava pulso, mesmo assim foi acionado o corpo de bombeiros voluntários de Caçador os quais chegaram rapidamente no local e com equipamentos adequados, também não conseguiram detectar batimentos sendo evidente o óbito no local.
Diante dos fatos a guarnição isolou o local e passou a procurar testemunhas sendo qualificando as mesmas no boletim de ocorrência.
A vítima não portava nenhum documento de identificação, populares no entanto informaram que seu nome seria RONALDO RODRIGUES.
Constatado ao fazer o levantamento da cena do crime que havia ocorrido uma vias de fato generalizada no interior da loja de conveniência do posto, sendo que durante vias de fato a vítima foi esfaqueada sofrendo um grande corte na região da axila e abdômen o que provavelmente causou a sua morte.
Durante o atendimento da ocorrência a guarnição foi informada de que uma segunda vítima da briga a qual havia dado entrada no hospital Maicé, vitima de arma branca, essa vítima identificada como E. S. S. relatou que um dos vigilantes do posto dudo havia cometido o homicidio contra RONALDO RODRIGUES e tentado cometer um segundo homicidio contra ELE.
A vítima E. S. S identificou e reconheceu o vigilante S. L. S. como sendo autor do homicídio contra RONALDO RODRIGUES e da tentativa de homicídio contra ele próprio.
A Guarnição, diante das informações, deslocou em diligências em busca dos possíveis autores, pois os mesmos ja havam sido liberados, aja visto que no momento não havia nenhuma suspeita contra os mesmos. Sendo que foi logrado exito em localizar S. L. S. no bairro São Cristóvão.
Já o D. L. M. havia voltado ao local do crime onde foi localizado.
Ambos foram conduzidos a delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis ao fato.

CAÇADORJovem é morto em posto de combustíveis em CaçadorRonaldo Rodrigues, de 24 anos, morreu no local. Segurança do…

Publicado por Diário Rio do Peixe em Domingo, 17 de novembro de 2019

Mais Acessadas