A vítima teria feito Boletim de Ocorrência contra o suspeito, dias antes do crime

23 de novembro de 2019

 fim do relacionamento pode ter sido o motivo do assassinato de Karine Cavalli, de 29 anos, no município de Irani, no fim de semana passado. A possibilidade foi levantada por familiares da vítima, durante depoimento na Central de Polícia Civil de Concórdia nesta semana. Odecir Deola, de 63 anos, apontado como autor do crime se apresentou nesta semana e está preso preventivamente.

Conforme a advogada da família da vítima, Camila Raquel Hilgert, a mãe e a filha mais velha da vítima foram ouvidas pelo delegado Rogério Taques, que é o responsável pelo Inquérito Policial na Delegacia de Polícia Civil de Concórdia. Conforme informações, a vítima teria feito Boletim de Ocorrência contra o suspeito, dias antes do crime.

A expectativa da Polícia Civil, agora, é localizar a arma do crime para ser periciada e, assim, encaminhar o final do inquérito para depois ser remetida ao Judiciário.

O representante da defesa de Deocir Deolla, advogado Leandro Bernardi, deverá protocolar um pedido de liberdade provisória nesta segunda-feira, dia 25, sob alegação de que Deola é réu primário, tem trabalho e endereço fixo.

Mais Acessadas