Acidente ocorreu na noite deste sábado, enquanto os dois aguardavam auxílio no acostamento da SC-108, após o veículo em que estavam capotar

25 de novembro de 2019

Duas pessoas morreram atropeladas na SC-108, em Joinville, na noite deste sábado (24). As vítimas foram um sargento da Polícia Militar, Ronel Silva Neto, de 44 anos, e seu filho, Caio Bernardo Silva, de 14 anos. Eles estavam no acostamento da rodovia após deixarem o veículo em que estavam, que havia saído da pista e capotado.

De acordo com a PMRv, pai e filho saíram do veículo capotado sem ferimentos e estavam no acostamento aguardando auxílio. Neste momento, por volta das 19h35, outro motorista parou para ajudar os dois. Em seguida, um terceiro carro passou pelo local e, desgovernado, atingiu os três no acostamento.

Tanto o sargento quanto o adolescente morreram no local, situado no km 2,150 da rodovia. O motorista que havia parado para ajudar a dupla sofreu uma fratura exposta na perna e foi encaminhado ao hospital. Segundo a PM, o condutor do carro que atropelou os demais, um jovem de 20 anos, também foi conduzido ao hospital, com suspeita de hemorragia interna.

O sargento deixa a esposa, a cabo Vanessa Ferreira Silva, um filho e uma filha. O velório das vítimas teve início às 9h deste domingo (24), na igreja Presbiteriana Jardim das Oliveira, em Joinville. O sepultamento deve ser realizado para as 9h de segunda-feira (25), sem local confirmado.

Em nota, o 8º Batalhão de Polícia Militar lamentou a morte do sargento Ronel e de seu filho. “Manifestamos nossas condolências à família e amigos por esta inestimável perda”, diz o comunicado, assinada pelo tenente-coronel Jofrey Santos da Silva.

Mais Acessadas