Técnica Pia Sundhage divulgou a lista das convocadas para a Seleção principal, e entre elas está a lateral Bruna Calderan; na sub-20, Mylena e Julia foram convocadas pelo técnico Jonas Urias

30 de novembro de 2019

O Avaí Kindermann será representado na Seleção Brasileira Feminina principal, e na base. Nesta semana a técnica Pia Sundhage e o técnico Jonas Urias divulgaram suas listas de convocadas. Na lista de Pia, o nome de Bruna Calderan aparece pela primeira vez. A lateral do Kindermann se destacou no Campeonato Brasileiro e chamou atenção da treinadora. 

Para Bruna, a convocação é o reconhecimento de muito trabalho duro. “Nós sempre trabalhamos muito para que o reconhecimento viesse, e acredito que seja o sonho de toda atleta chegar na Seleção principal. O Avaí Kindermann tem dado todo o suporte e apoio para que o trabalho das atletas cresça e fique cada vez melhor. Temos uma comissão técnica muito boa e isso ajuda a termos um bom desempenho dentro de campo. Estou realizando um sonho, com certeza vou dar o meu melhor  e representar o Avaí Kindermann da melhor forma possível lá”, destacou Bruna.

Natural de Sananduva (RS), aos  23 anos, Bruna já teve mais de 15 convocações para a Seleção Brasileira de base. Em 2017, foi contratada pela equipe do Avaí Kindermann. Carrega uma bagagem de títulos importantes, entre eles o Sul-americano com a Seleção Brasileira  de 2015 e o Mundial Universitário 2017.

A convocação de Pia Sundhage visa um período de treinos, observações e também duas partidas que o Brasil terá no mês de dezembro. As atividades serão as últimas da Seleção Brasileira feminina na temporada.No dia 2 de dezembro a seleção começa um período de treinos na Granja Comary e depois segue para o estado de São Paulo: dia 12 tem jogo na Arena Corinthians e no dia 15 na Fonte Luminosa, em Araraquara.  

A base vem forte

Na Seleção Brasileira Sub-20, as convocações foram visando a disputa do Torneio Nike Friendlies, em Sarasota, nos Estados Unidos. A competição contará com a participação de duas seleções dos Estados Unidos e uma da França. Os jogos serão disputados no Premier Sports Campus, no Lakewood Ranch, entre os dias 9 e 13 de dezembro. 

Na lista de Jonas Urias, os nomes de Mylena e Julia Cipriani, atletas do Avaí Kindermann também aparecem. Essa é a segunda convocação de Mylena, e a primeira de Julia.

“É um sonho poder estar representando o Brasil. Essa é minha segunda convocação e a experiência da primeira vez foi muito boa. Acho que podemos agregar técnicas e melhorar ainda mais o nosso trabalho com outras atletas tão boas que também foram convocadas”, destacou Mylena.

Para Julia, a emoção em poder vestir a amarelinha é grande. “Eu estou com muita expectativa, acho que será uma fase muito boa da minha vida profissional. Chegar na Seleção é a realização de um sonho, é o local onde todas as atletas querem chegar. Então estar na lista do técnico é muito gratificante”, disse Julia.

O Brasil estreia na competição no dia 9 de dezembro diante da França, na sequência enfrenta as duas equipes dos Estados Unidos, nos dias 11 e 13 respectivamente. O período de treinos e preparação para a competição será no Otho Hotel, em Itu (SP), entre os dias 28 de novembro a 7 de dezembro. Em seguida, a delegação embarca de Campinas (SP) para os Estados Unidos.

A comissão técnica também é Seleção

Além de atletas que foram convocadas, o preparador físico, Luiz Rodrigo, e a fisioterapeuta, Ariane Falavinia, ambos do Avaí Kindermann, também foram chamados para integrar a comissão técnica.

Luiz Rodrigo foi convocado para ser o preparador físico da Seleção Sub-20. A primeira convocação de Luiz Rodrigo foi em setembro, e desde então, em todas as convocações da Seleção Sub-20 ele está presente.

Já, a fisioterapeuta Ariane Falavinia foi convocada pela primeira vez este mês, para atuar com a Seleção Sub-20. Ainda enquanto estava cumprindo o período de convocação, recebeu a notícia que também estava convocada para o período de treinos e amistosos da Seleção principal, em dezembro. 

Bárbara fora da lista de convocadas

A goleira Bárbara ficou de fora da lista da técnica Pia Sundhage nesta última convocação do ano após ela mesmo ter pedido liberação. Bárbara passa por um período de provas e trabalhos na faculdade, e tendo em vista o importante momento de sua vida acadêmica, resolveu pedir dispensa da convocação. 

“Eu já viajo muito com o time e com a Seleção, e desta vez a convocação saiu em uma semana de muitas provas e trabalhos acadêmicos na faculdade. Eu levo muito a sério minha vida acadêmica, e por isso resolvi pedir dispensa desta vez, para colocar em ordem algumas coisas que estavam pendentes”, disse Bárbara.

A goleira curso enfermagem na Universidade Alto Vale do Rio do Peixe – UNIARP, em Caçador (SC).

Mais Acessadas