Homem foi encaminhado à delegacia de Xanxerê pelo crime de usurpação da função pública

11 de dezembro de 2019

Um vigilante noturno foi preso pela Polícia Militar na noite desta terça-feira, dia 10, por usar uma sirene durante rondas realizadas com uma motocicleta em Xanxerê. O caso ocorreu por volta das 22h30, no Bairro Nossa Senhora de Fátima.

De acordo com a PM, o vigilante de uma empresa privada incorreu no crime de usurpação da função pública. O homem, de 25 anos, conduzia uma Honda 125, com placa de Faxinal dos Guedes. O veículo tinha uma sirene acoplada.

O vigilante relatou à PM que faz serviços noturnos e passa nas ruas onde os moradores o contrataram com a sirene ligada para identificar que está em rondas.

A sirene da moto foi apreendida junto com o colete de identificação da empresa. O homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil. A pena para o crime de usurpação da função pública é de três meses a dois anos de detenção, além de multa

Mais Acessadas