O resgate levou mais de uma hora e bloqueou uma das pistas da Avenida Caetano Branco

17 de dezembro de 2019

Uma ocorrência inusitada chamou a atenção de quem passava pela Avenida Caetano Branco, bairro Frei Bruno, em Joaçaba no final da tarde desta segunda-feira,16. Mas, o que muitas pessoas não imaginavam é que aquele era apenas o desfecho da história.

Por volta das 18h, populares ouviram um homem gritando em uma área de mata no bairro Frei Bruno e acionaram a Polícia Militar. De início, os próprios populares tentaram ajudar o homem, porém, ao menor sinal de aproximação ele se negou a colaborar e fugiu. Quando policiais do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) chegaram ao local, juntamente com uma guarnição do Canil, o homem ainda estava na mata, mas assim que notou a presença dos policiais começou a se afastar mais, até correr morro abaixo sentido Avenida Caetano Branco, quando caiu num barranco, atravessou a pista e se embrenhou novamente na mata, desta vez na barranca do rio.

A guarnição não desistiu e continuou nas buscas, encontrando o homem já dentro do Rio do Peixe, os policiais iniciaram então uma conversa para que saísse da água. Após se acalmar um pouco, ele decidiu obedecer e esperar na margem.

Os bombeiros foram acionados e começou o resgate. Em conversa com o resgate, ele relatou sentir dores em um dos braços, com suspeita de fratura no ombro. A noite começava a cair e os bombeiros montaram uma estratégia com a ajuda de cabos para retirar o homem do local. A mata, o terreno acidentado e úmido e os aproximadamente 30 metros da barranca, dificultaram em muito o resgate, que durou mais de uma hora, quando finalmente o homem foi levado até a rua. Ele demonstrava estar alterado, com sede e cansado, além da suspeita de fratura.

Após ser colocado em uma maca, foi conduzido ao Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) para atendimento médico.

Mais Acessadas