O número de empresas inadimplentes apresentou recorde histórico segundo o levantamento

23 de dezembro de 2019

Santa Catarina tem apenas 3,9% das empresas negativadas do País.

Mesmo assim, foi o estado com o maior aumento de empresas inadimplentes em 2019.

O crescimento foi de 22,9%.

O segundo colocado em crescimento de empresas negativadas foi o RS, com 13,9%.

O RS tem 6,2% das empresas negativadas.

Os dados são do Serasa Experian com base em informações de outubro de 2018 a outubro de 2019.

O número de empresas inadimplentes apresentou recorde histórico segundo o levantamento.

Chegou a 6 milhões em outubro de 2019. 

De acordo com a Serasa Experian, esse valor é 9,1% maior do que o mesmo mês do ano anterior – quando o número era 5,5 milhões – e 0,4% maior quando comparado com setembro de 2019. 

O indicador foi impulsionado pela negativação de companhias entre cinco e dez anos de existência.

Elas representam 30,6% de todas as organizações com contas em atraso.

O estado do Amazonas foi o único que apresentou queda na comparação com o mesmo período do ano passado. 

Durante o período analisado, São Paulo tem representatividade de 33,4% do total de empreendimentos com contas em aberto no país em outubro/2019, com Minas Gerais (10,8%) e Rio de Janeiro (8,7%) na sequência.

Mais Acessadas