A nova capelinha de Nossa Senhora Aparecida, foi um pleito solicitado pela ex-governadora do Paraná Maria Aparecida Borghetti (Cida), que é natural da cidade de Caçador

25 de dezembro de 2019

O Natal é um momento de fé, união e de agradecimento. Na cidade de Matos Costa, a comunidade agora tem um novo espaço para fazer o seu agradecimento e pedidos de paz, saúde e união, na capelinha de Nossa Senhora Aparecida, que fica na SC 135.

A nova capelinha de Nossa Senhora Aparecida, foi um pleito solicitado pela ex-governadora do Paraná Maria Aparecida Borghetti (Cida), que é natural da cidade de Caçador e tem uma história muito importante de vida no ponto, onde foi feita a capelinha.

A inauguração da nova ocorreu na manhã do sábado, 08 de dezembro, às 10h, com uma missa de agradecimento no local, seguido às 11h, com a inauguração do espaço religioso com a placa e a ex-governadora colocando a imagem de Nossa Senhora Aparecida no local.

Em sua fala Cida, destacou a alegria de estar na cidade de Matos Costa, fazendo à entrega do novo espaço de fé e de agradecimento à população como para os viajantes que passam pela SC 135. 

A nova capelinha foi um pedido feito por Cida para o seu marido deputado Federal do Paraná Ricardo Barros, que junto ao Governo Federal fez a solicitação de recursos via Ministério do Turismo, que viabilizou o recurso.

A primeira capelinha foi feita pela mãe de Cida a senhora Ires Anna, que estava dentro de um ônibus da empresa Reunidas em 17 de fevereiro de 1965, com saída de Caçador para a cidade de Porto União, quando ao chegar à cidade de Matos Costa, o coletivo saiu de pista. A mãe de Cida estava gravida e a senhora fez um pedido para Nossa senhora Aparecida que se a filha se salvasse faria uma capelinha e colocaria o nome da filha de Maria Aparecida.

Cida nasceu prematura, mas bem de saúde e a senhora Ines cumpriu a promessa e fez a capelinha na SC 302 hoje SC 135 e colocou o nome da filha de Maria Aparecida.

Colmeia

Mais Acessadas