Buracos na pista e placas de sinalização mal posicionadas preocupam

2 de janeiro de 2020

Em dezembro de 2019, motoristas enviaram para a Redação do “A Semana”, registros de preocupações com situações em rodovias da região. Na SC-120, o alerta é pelo alto número de buracos, que representam riscos na via. Já na BR-470, é o posicionamento de placas que preocupa quem trafega pelo local.

A situação alerta porque coloca vidas em risco. Na quarta-feira (11), um motociclista morreu ao desviar de um buraco na pista em uma rodovia estadual que dá acesso a Brunópolis, o condutor colidiu de frente com um caminhão devido a manobra.

Em outubro, o deputado Nilso Berlanda solicitou que o aumento da receita estadual seja revertido em obras de infraestrutura nas rodovias catarinenses, aumentando a segurança dos usuários. Em busca de resultados, Berlanda encaminhou indicações solicitando melhoria nas condições de trafegabilidade na SC-120.

O superintendente da Regional Meio-Oeste do Deinfra Luiz Felipe Gemelli disse que a previsão é de que a rodovia receba manutenção apenas a partir de janeiro, quando o contrato para o serviço for renovado.

BR-470

Na BR-470, a preocupação é com a visibilidade dos motorista prejudicada no trevo de acesso a Curitibanos. Quem trafega da avenida Lions para entrar na rodovia tem a visão prejudicada, para atravessar a via, por placas de sinalização que indicam uma faixa de pedestres e os trajetos para chegar a Frei Rogério, Curitibanos e Caçador, através do trevo do parque Pouso do Tropeiro.

Segundo o engenheiro supervisor do Dnit Cristhiano Zulianello dos Santos, é necessário registrar um ofício relatando a situação e a equipe realizará um estudo que comprove a necessidade de realocar as placas. Nesta semana, a Redação do “A Semana” registrou a situação e, em breve, o local deve ser avaliado.

Placas prejudicam visibilidade de motorista na BR – 470 (Foto: Wolnei Felipe) 

Mais Acessadas