Teve uma hemorragia e não resistiu. Caso aconteceu em Chapecó

9 de janeiro de 2020

Um homem suspeito de arrombar uma residência no Bairro Presidente Médice, em Chapecó, morreu na madrugada desta quinta-feira, dia 9, depois de se machucar e perder muito sangue. Ele teria escalado uma parede da casa e quebrado a janela do banheiro para entrar no imóvel, momento em que teria se ferido.

 De acordo com a Polícia Militar, ao perceber o arrombamento e o homem já dentro da casa, o proprietário atirou contra o chão para intimidar o autor, que estava com um pedaço de pau. Conforme o dono, no local já havia um rastro de sangue deixado pelo suspeito.

O ladrão teria soltado a madeira e sentado no chão logo em seguida. Uma equipe do Samu foi acionada para atender o homem. Os socorristas realizaram respiração cardiopulmonar por 45 minutos, com a vítima já em parada cardíaca devido à perda de sangue. O homem não resistiu e morreu por volta das 5 horas da manhã.

O local foi isolado para os levantamentos da Polícia Civil e do Instituto Geral de Perícias (IGP). Na casa, seguindo os rastros de sangue, foi possível constatar que o ladrão teria escalado a parede do imóvel e quebrado a janela do banheiro, por onde entrou na casa.

Mais Acessadas