Um jovem de 21 anos morreu após atirar de forma acidental contra a própria cabeça na tarde de quinta-feira, dia 9, em Quilombo, no Oeste de Santa Catarina. O caso ocorreu no Bairro Santa Inês, informou a Polícia Militar.  A guarnição encontrou na residência o revólver e várias munições intactas
Leia mais…

11 de janeiro de 2020

Um jovem de 21 anos morreu após atirar de forma acidental contra a própria cabeça na tarde de quinta-feira, dia 9, em Quilombo, no Oeste de Santa Catarina. O caso ocorreu no Bairro Santa Inês, informou a Polícia Militar.

 A guarnição encontrou na residência o revólver e várias munições intactas jogadas em um colchão que estava no chão de um dos quartos da moradia, além de uma grande quantidade de sangue.

 Conforme a PM, o rapaz de 21 anos disparou contra a própria cabeça ao realizar a demonstração da arma através da chamada “roleta russa” à namorada, uma adolescente de 17 anos de idade.

O jovem chegou a ser encaminhado ao hospital do município, mas não resistiu aos ferimentos. A namorada também foi encaminhada ao hospital para atendimento médico. A Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias (IGP) também foram acionados para os levantamentos do caso.

 A “roleta russa” é um jogo de azar onde os participantes colocam apenas um cartucho em uma das câmaras do tambor de um revólver, que é girado e fechado, apertando o gatilho para testar a sorte.

Mais Acessadas