Fato iniciou em Lindóia do Sul e foi parar na Central de Polícia Civil em Concórdia

11 de janeiro de 2020

Uma história confusa, que teria envolvido possível troca de “nudes” via aplicativo de celular, resultou em agressão e ameaça por arma de fogo em Lindóia do Sul. O caso inusitado foi registrado na Central de Polícia Civil de Concórdia. Duas mulheres e dois homens foram conduzidos pela Polícia Militar para esclarecer o ocorrido.

Conforme relatos, a situação teria iniciado no fim da tarde da sexta-feira, dia 10, em Lindóia do Sul. Tudo teria começado com a troca de fotos íntimas entre um homem e uma mulher. O masculino teria proposto um encontro e se não fosse atendido iria disseminar as fotos da vítima. A mulher, vítima da suposta chantagem, por sua vez, teria ligado para a filha e o genro que moram em Concórdia. O casal saiu da Capital do Trabalho e foi ao local combinado do encontro para tirar satisfação. 

De acordo com o B.O, o genro da vítima teria tentado conversar com o homem, suposto chantagista, mas este teria lhe ameaçado com uma faca. Foi aí que o casal, genro e filha da vítima, começaram a agredir o homem e teriam ameaçado ele com uma arma de fogo.

Após a confusão, o casal tentou retornar para Concórdia e o homem, agredido, ligou para a Polícia Militar, que fez a abordagem dos mesmos em Ipumirim. Durante averiguação, foi achada a arma com duas munições. Diante dos fatos, todos, o casal, a mulher vítima da chantagem e o suposto chantagista e vítima das agressões foram levados para a Central de Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

Mais Acessadas