As praças de Caçador e Urubici (SC) iniciaram a colheita da safra de verão 2019/20 de tomate no final de dezembro de 2019 e, até o momento, as roças vêm apresentando boa produtividade. Em Caçador, a maioria dos produtores começou as atividades em 20 de dezembro e, apesar da ocorrência de bacterioses
Leia mais…

28 de janeiro de 2020

As praças de Caçador e Urubici (SC) iniciaram a colheita da safra de verão 2019/20 de tomate no final de dezembro de 2019 e, até o momento, as roças vêm apresentando boa produtividade. Em Caçador, a maioria dos produtores começou as atividades em 20 de dezembro e, apesar da ocorrência de bacterioses (por conta de precipitações), o desenvolvimento das lavouras está positivo – devido ao clima mais seco entre a última quinzena do ano passado e início deste mês, que facilitou o controle das doenças e favoreceu a qualidade dos frutos.

Além disso, a incidência de viroses neste ano está bastante inferior à verificada em 2019, uma vez que os produtores estão optando por cultivares resistentes. Em dezembro, a produtividade média da região foi de 333 caixas/mil pés, enquanto o preço médio do tomate salada longa vida ponderado pela classificação ficou em R$ 29,18/cx.

Na parcial de janeiro (06 a 24/01), as cotações estão nos mesmos patamares registrados no mês anterior, de R$ 30,11/cx. De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, como as lavouras colhidas neste mês e no próximo estão com sanidade melhor do que as primeiras, cujas atividades ocorreram em dezembro, a expectativa é que o rendimento também seja maior.

Com maior oferta de tomates manchados, preços caem

Entre 20 e 24 de janeiro, os preços do tomate salada longa vida 3A na Ceagesp e no atacado do Rio de Janeiro foram de R$ 56,71/cx e R$ 61,74/cx, respectivamente, quedas de 20,4% e 9,28%, na mesma ordem. Esse cenário se deve à maior oferta de tomates manchados, devido às chuvas – vale ressaltar que a disponibilidade também aumentou por causa da intensificação da colheita em Itapeva (SP) e Caçador (SC).

Além disso, problemas com traça são recorrentes, ainda que em menor incidência, em períodos mais chuvosos.  Colaboradores do Cepea também relatam problemas com acidez. Para esta semana, a previsão é de mais precipitações nessas regiões é.  

Cepea/Hortifruti

Mais Acessadas