a safra 2019/2020 da uva deve apresentar uma pequena perda de produtividade em razão da seca que castigou a região do Vale do Rio do Peixe nos últimos meses

31 de janeiro de 2020

O Município de Tangará é, atualmente, o maior produtor de uva do estado de Santa Catarina, com uma área plantada de mais de 500 hectares de parreiras. Através de um trabalho conjunto entre Secretaria Municipal de Agricultura e EPAGRI, os dois órgãos públicos prestam o apoio necessário aos produtores rurais. Os investimentos em novas áreas de parreirais vêm crescendo anualmente, especialmente nos três últimos anos.

De acordo com a Secretaria Municipal de Agricultura e Epagri, na safra 2017/2018 da fruta em Tangará, as principais variedades cultivadas eram a Isabel, com 161 hectares plantados; a Niágara, com 119 hectares cultivados, a Bordô, com 50 hectares e a Seibel, com 38 hectares. Outras variedades eram responsáveis pelo cultivo em 83 hectares, totalizando 451,5 hectares de uvas cultivadas no município de Tangará.

Parceria

Nos últimos dois anos, através do programa Menos Juro, do Governo do Estado, foram ampliadas em 27,3 hectares com novos parreirais, com investimentos de R$ 1.189,830,00. A variedade Bordô recebeu a maioria destes investimentos. Este programa governamental subsidia 2,5% dos juros ao produtor.

“Hoje Tangará possui mais de 500 hectares de parreiras de uva. Somos o município catarinense com a maior área da cultura, produzindo 12 mil toneladas de uvas todos os anos, em média. Até o ano de 2020 deveremos aumentar a nossa produção em 600 toneladas”, comemora o prefeito Nadir Baú da Silva.

De acordo com o Secretário de Agricultura de Tangará, Aldair Biasiolo, o Bitinha, a safra 2019/2020 da uva deve apresentar uma pequena perda de produtividade em razão da seca que castigou a região do Vale do Rio do Peixe nos últimos meses. “Nós tínhamos uma expectativa inicial de colheita da uva que infelizmente não se confirmará, tendo uma quebra de aproximadamente mil toneladas, a estiagem que atingiu a região em dois momentos, na brota e no mês de dezembro próximo à maturação, fez com que a produção diminuísse. Mesmo assim teremos uma excelente safra com mais de dez mil toneladas, consagrando o município como o maior produtor de uva do estado”, concluiu Bitinha.

Importância

O Agronegócio tangaraense corresponde a 50% da arrecadação da prefeitura. O prefeito Nadir adianta que o movimento econômico agropecuário de Tangará apresentou significativo crescimento a partir de 2017. “O produtor rural viu que assumimos o governo municipal com o firme propósito de auxiliar o empresário rural em suas principais necessidades. Para esta safra agrícola devemos registrar aumento de 3% em nosso movimento agropecuário. Tangará, sem dúvidas, está se tornando rapidamente em importante produtor de alimentos de Santa Catarina e do Brasil”, afirma o prefeito Nadir Baú da Silva.

Helinton Paiva

Mais Acessadas