Assim que o avião pousou, a equipe médica constatou que o paciente, com mais de 1,8 metro e mais de 120 kg não teria condições de ser levado por via aérea

9 de março de 2020

Uma transferência aérea de paciente não foi concretizada na tarde deste sábado (08) em Joaçaba. Segundo as informações, um avião do Batalhão de Aviação da Polícia Milita de Santa Catarina (BAPMSC) foi acionado para apanhar o paciente no aeroporto Santa Terezinha.

Ele foi levado ao local com uma Unidade de Suporte Avançado (UTI móvel do SAMU). Assim que o avião pousou, a equipe médica constatou que o paciente, com mais de 1,8 metro e mais de 120 kg não teria condições de ser levado por via aérea.

A intenção era agilizar a transferência, entretanto, o paciente teve que seguir com a UTI Móvel até Mafra e a aeronave retornou para Florianópolis.  O limitador é um protocolo de segurança utilizada pela tripulação.

Mais Acessadas