Jorginho Mello e Daniel Freitas estavam na comitiva que viajou aos EUA

12 de março de 2020

Depois da confirmação de que o secretário de Comunicação do governo Bolsonaro, Fabio Wajngarten, foi diagnosticado com coronavírus, os demais integrantes da comitiva que foi aos Estados Unidos com o presidente da República nos últimos dias estão sendo monitorados. É o caso do senador Jorginho Mello (PL) e do deputado federal Daniel Freitas (PSL), ambos de Santa Catarina.

Segundo a assessoria de imprensa de ambos, eles não apresentam sintomas. Os dois estão em Brasília nesta quinta-feira (12). Jorginho passa por exames médicos de prevenção, enquanto Daniel está sendo monitorado e não pode sair de Brasília.

Vai acabar antes do previsto a reunião da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) em Florianópolis, programada para discutir, entre outros assuntos, a prevenção do novo coronavírus. A decisão foi tomada após o alerta do Ministério da Saúde para que locais com aglomeração de pessoas sejam evitados para reduzir os riscos de contágio.

As atividades programadas até sexta-feira (13) vão ser concluídas no fim da tarde desta quinta (12), conforme o secretário-executivo da FNP Gilberto Perrer.

Mais Acessadas

Carregando...