Decisão de juiz trabalhista tinha paralisado duas unidades em ação do sindicato da categoria, que pedia medida de precaução contra coronavírus

— Foto: Diego Giudice/Bloomberg

21 de março de 2020

A JBS informou no fim da tarde deste sábado que derrubou na Justiça trabalhista a decisão que paralisava as unidades da Seara em Forquilhinha e Nova Veneza, no Estado de Santa Catarina. A companhia havia recorrido da decisão do juiz da 4ª Vara do Trabalho de Criciúma, que atendera a um pedido do sindicato que representa os funcionários, parando as atividades das fábricas.

O sindicato argumentou que a paralisação das unidades era importante para preservar a segurança dos funcionários contra o novo coronavírus. No recurso, um mandado de segurança protocolado no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 12ª Região, a JBS argumentou que a produção de alimentos é um atividade essencial, o que foi acatado.

Valor Econômico

Mais Acessadas