Especialista destaca que vírus é resistente a baixas temperaturas; alimentos e embalagens devem ser higienizados antes do armazenamento

23 de março de 2020

A geladeira foi uma das principais invenções do século 20 e facilitou muito o armazenamento dos alimentos. Após as compras, os produtos que necessitam de refrigeração costumam ir direto para o eletrodoméstico, sem grandes preocupações. Isso antes da pandemia de coronavírus.

Segundo o médico infectologista Ricardo Freitas, no contexto atual, o ideal é que, entre as compras e o armazenamento, seja inserida na rotina a higienização dos alimentos e embalagens.

Resistência a baixas temperaturas

Freitas relata que ainda não há um estudo que informe o tempo certo de sobrevivência do novo coronavírus em ambientes refrigerados. Porém, sabe-se que, em temperatura ambiente, o vírus sobrevive, em média, de quatro a cinco horas.

“Temos estudos que falam sobre o coronavírus em geral, mas ainda há poucas pesquisas publicadas sobre a Covid-19, em particular. O que sabemos é que as temperaturas mais baixas são mais favoráveis para a manutenção do coronavírus”, explica o médico infectologista.

Orientações para armazenamento

Ao comprar uma verdura embalada em plástico, por exemplo, a recomendação é que se descarte a embalagem, lave o alimento e o armazene em um pote, devidamente higienizado.

Antes de manusear qualquer alimento, deve-se lavar bem as mãos com água e sabão. Os produtos que vêm em embalagens como margarinas, requeijão, refrigerantes e sucos, também devem ser higienizados.

“O ideal é passar um pano com água e detergente nos potes e embalagens antes de guardá-los na geladeira”, orienta.

Quem opta pelas sacolas plásticas em supermercados, deve descartá-las após o uso.

Leia também

Frutas, legumes e hortaliças

No caso de frutas, verduras e legumes, o primeiro passo é lavar em água corrente e, se possível, usar uma escovinha para tirar a sujeira maior. Depois, colocar em solução contendo 1 a 2 colheres (sopa) de vinagre em um litro de água, por 5 a 10 minutos. O vinagre ajudará a desgrudar os microrganismos da casca e superfície dos alimentos, mas não os mata.

Na sequência, colocar os alimentos de molho em outra solução, contendo 1 colher (sopa) de hipoclorito (ou água sanitária) diluído em um litro de água, também por 5 a 10 minutos. Essa solução irá matar os microrganismos que ainda estiverem presentes.

Por fim, enxágua-se bastante em água corrente para retirar resíduos do hipoclorito. Então, estarão prontos para consumir ou guardar na geladeira.

Mais Acessadas