Já são 10 equipamentos restaurados e devolvidos à rede de saúde de Santa Catarina; aparelhos são cruciais nos casos extremos da doença cauda pelo Covid-19 e cada respirador pode salvar de 10 a 20 vidas

17 de abril de 2020

Mais três respiradores pulmonares artificiais consertados pelos Institutos SENAI de Inovação em Sistemas de Manufatura e em Processamento a Laser, localizados em Joinville, foram restituídos aos hospitais. A entrega ocorreu nesta quinta-feira (16).

Um dos três respiradores entregues foi para o Pró-Rim, de Joinville. Os outros dois foram transportados para o hospital e maternidade da cidade de Santa Cecília, na Serra. Esse transporte foi feito de avião até o aeroporto de Videira e depois por via rodoviária até o destino final – operação coordenada pelo Comitê da Indústria da Defesa de Santa Catarina (Comdefesa), com apoio da Defesa Civil e do Aeroclube de Santa Catarina. O Comdefesa e o SENAI integram a FIESC.

Agora já são dez aparelhos restaurados pelos profissionais da instituição – em parceria com GM, BMW, Whirlpool, Nidec e SLS Hospitalar – e devolvidos a hospitais da rede pública e privada de saúde de Santa Catarina.

Os respiradores são considerados de extrema importância nos casos de extrema gravidade da doença causada pelo novo coronavírus e que afeta o sistema respiratório. A estimativa é de que cada respirador possa salvar de 10 a 20 pessoas.

“O Hospital e Maternidade de Santa Cecília, inscrito no CNPJ 85.997.872/0001-29 cidade de Santa Cecília, vem por meio desta agradecer a todas as entidades e pessoas envolvidas nessa nobre ação, especialmente nesse momento de epidemia em que o Brasil e o Mundo estão passando devido ao COVID-19, nossos sinceros agradecimentos ao SENAI de Joinville-SC, GM do Brasil, BMW, WHIRLPOOL, NIDEC e SLS HOSPITALAR. Que nos proporcionaram a manutenção dos ventiladores (respiradores mecânicos) em nome da direção e funcionários os nossos sinceros agradecimentos. Recebemos os equipamentos hoje no aeroporto de Videira.”

Mais Acessadas