Homem estava embriagado, não possuía CNH e tinha um mandado de prisão ativo

15 de maio de 2020

Um condutor foi preso pela Polícia Militar de Tangará nesta quarta-feira, 13, após oferecer R$ 300 aos policiais para não ser detido. Ele foi submetido ao teste do bafômetro, após ser visto transitando de forma perigosa em uma das principais ruas da cidade.

A guarnição foi acionada às 19h20 para averiguar um veículo que estava transitando no meio da pista na rua Francisco Nardi, próximo a rodoviária. O veículo GM/Monza fazia manobra de retorno na pista no momento que foi abordado. Antes de ser submetido ao teste do etilômetro, o condutor ofereceu a quantia de R$ 300 para que não fosse efetuada a prisão.

Diante do fato, foi dada voz prisão pelo crime de corrupção ativa e constatado que o mesmo não tinha consigo a quantia em dinheiro ofertada. Após a prisão, o indivíduo aceitou se submeter ao teste de etilômetro, tendo como resultado 0,96 mg/l.

Em consulta ao sistema, foi constatado que o autor não portava CNH e estava com mandado de prisão ativo. O motorista foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Videira para demais procedimentos.

Mais Acessadas