Guarnições visitaram 17 pontos vulneráveis, como boates e postos de combustível, identificados às margens das rodovias federais

19 de maio de 2020

A Polícia Rodoviária Federal realizou na noite da última sexta-feira, dia 15, até o sábado, dia 16, a Operação Guarida de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes, em todo o Brasil.

Em Santa Catarina, os policiais visitaram 17 pontos vulneráveis, como boates e postos de combustível, identificados às margens das rodovias federais. Em dois desses locais, foram encontrados menores de idade em situação de risco.

Em uma casa de prostituição em Porto Belo, às margens da BR-101, a equipe flagrou uma adolescente de 17 anos. Ela e a dona do estabelecimento foram levadas à delegacia de Itapema.

Já em Bom Retiro, às margens da BR-282, os policiais encontraram um adolescente de 13 anos dentro de uma casa de prostituição. Ele foi levado ao local por um amigo, maior de idade, sem o conhecimento dos pais.

O menor, o responsável e o dono do estabelecimento foram encaminhados à delegacia, com a supervisão de membros do Conselho Tutelar da cidade.

Dados do disque 100 (canal de atendimento e proteção a crianças e adolescentes) mostram que, em 2019, foram registradas no país 17.093 denúncias de violência sexual contra menores de idade, sendo 3.675 delas relativas à exploração sexual.

Mais Acessadas