Em Caçador, devem ser aplicados 250 testes rápidos e um questionário, por pesquisadores do Ibope Inteligência

19 de junho de 2020

A pesquisa EPICOVID19-BR, que estima a proporção de casos de infecção por coronavírus no Brasil, inicia nova etapa a partir deste domingo, 21.

Ao todo, em Caçador, devem ser aplicados 250 testes rápidos e um questionário, por pesquisadores do Ibope Inteligência.

Nas duas primeiras etapas, que incluíram residências em todo o Município, chegando a 442 testes rápidos, não houve nenhum novo caso registrado.
O Estudo de Prevalência da Infecção por Covid-19 no Brasil (EPICOVID19-BR), coordenado pela Universidade Federal de Pelotas com financiamento do Ministério da Saúde, é o maior levantamento populacional do mundo a estimar a prevalência de Covid-19.

Como funciona a pesquisa

O estudo inclui a cidade mais populosa de cada uma das 133 sub-regiões definidas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o território brasileiro. A seleção das residências e das pessoas que serão entrevistadas e testadas ocorre por meio de um sorteio aleatório, utilizando os setores censitários do IBGE como base.

Para o exame, os pesquisadores coletam uma gota de sangue da ponta do dedo do participante, que será analisada pelo aparelho de teste em aproximadamente 15 minutos. Enquanto aguarda o resultado, o participante responde a perguntas sobre sintomas da Covid-19 nas últimas semanas, busca por assistência médica e rotina em relação às medidas de prevenção e isolamento social. Em caso de resultado positivo, os profissionais comunicam a Vigilância Epidemiológica local.

Confira quem serão os pesquisadores do IBOPE:
1. Alessandra Q. Carvalho
2. Lucas M. da Silva
3. Silvana Duprat
4. Leonardo E. Vieira
5. Andréia do N. Nogueira
6. Jorge Augusto Brasil
7. Ana Beatriz do Vale de Souza
8. Nelson C. R. Santos
9. Luís de Souza Faria N.
10. Luan Piacentini de Oliveira
11. Marcelo Augusto do Vale Rodrigues

Mais Acessadas