Ciclista de 52 anos recebeu carinho dos amigos através de mensagens e doações enviadas durante uma live nesta sexta-feira

4 de julho de 2020

O ciclista Zezé Corrêa, que foi atropelado por um caminhão no último dia 21 de junho, recebeu alta e deixou o hospital nesta sexta-feira, 3. Ele teve parte de uma das pernas amputada e agora segue a recuperação em casa.

Durante a noite da sexta-feira, centenas de amigos mandaram mensagens de apoio em uma live solidária. A iniciativa partiu dos filhos de Zezé, Deividi e Clarck Eduardo, que são músicos, e dos amigos mais próximos.

Na ocasião foi lançada uma ação entre amigos com a rifa de uma bicicleta. O valor é R$ 50,00 e na primeira noite o grupo arrecadou cerca de R$ 3 mil.

A rifa pode ser adquirida no salão Zezé Cabeleireiro ou pela internet  no link https://www.vakinha.com.br/r/1176540/2871932. Também é possível fazer doações em dinheiro. A meta é arrecadar R$ 50 mil para as despesas com o tratamento de Zezé e para a compra de uma prótese.

A live contou ainda com a participação de representantes da União Caçadorense de Ciclismo, grupo Bici Bike e loja Pedal Bikes, que também deram apoio e passaram dicas de segurança no trânsito tanto para motoristas como para quem pedala.

“A live superou as expectativas com milhares de visualizações. Ficamos mais de três horas ao vivo com música, sorteio de brindes e doações, mas o principal foram as centenas de mensagens de apoio ao Zezé, porque a situação que ele está passando não é fácil”, avaliou um dos organizadores, Jonhy Marcos Tibes de Souza.

O acidente

Zezé foi atropelado por um caminhão na SC 350 durante um passeio de bicicleta. Ele se desequilibrou e caiu na pista, tendo a perna esmagada pelo veículo.

O ciclista ficou internado na UTI do hospital Maicé em estado grave pela quantidade de sangue que perdeu no acidente. Passou pelos procedimentos cirúrgicos e depois foi transferido para o hospital de Curitibanos.

Por fim, retornou ao hospital em Caçador e teve alta nesta sexta-feira, 3.

Mais Acessadas