Apesar de serem 5 pacientes do Município (os outros 7 são de outras cidades) a capacidade de atendimento chegou a 75% (12 leitos ocupados, de 16 disponíveis)

21 de julho de 2020

A lotação dos leitos de UTI Covid no hospital Maicé acendeu um alerta para Caçador. Apesar de serem 5 pacientes do Município (os outros 7 são de outras cidades) a capacidade de atendimento chegou a 75% (12 leitos ocupados, de 16 disponíveis).

Na Ala Clínica, a situação também é delicada, chegando a 9 pacientes internados (são 12 leitos disponíveis). Para a população, o alerta da Prefeitura é para que sejam observadas as medidas de prevenção da doença, como o distanciamento social, evitar aglomerações, uso de máscaras e higienização constante das mãos.

“Pedimos, mais uma vez, para que a população cumpra estas determinações. São atitudes simples, mas que salvam vidas. Usem máscaras, evitem aglomerações, se puderem, se mantenham em casa, mas não reúnam amigos ou familiares para festas. Estamos intensificando os alertas para que não seja necessário tomar medidas mais drásticas”, destacou o prefeito Saulo Sperotto.

A fiscalização por parte da Guarda Municipal vem sendo realizada diariamente. Entretanto, assim que os agentes saem de determinados lugares, as pessoas retornam, sem máscaras e fazendo aglomerações.

Com a situação da maneira como se encontra, não se descarta a possibilidade de fechamento de praças, parques e áreas públicas. “No domingo, as equipes de Saúde e segurança realizaram fiscalizações intensas, mas a responsabilidade tem que ser de cada cidadão também, de cumprir as regras”, acrescentou o diretor da Guarda Municipal, Alessandro Gonçalves.

Na área empresarial (indústrias, comércio e serviços), o alerta é também para que sejam mantidas as normas de segurança e saúde, como o uso de máscaras e o distanciamento. “Se todos colaborarmos, evitaremos que a doença se espalhe ainda mais. Estamos fazendo a nossa parte e você, está fazendo a sua?”, finalizou o prefeito Saulo.

Mais Acessadas