A titular da Delegacia de Polícia da Comarca de Capinzal fez o alerta para os riscos de se relacionar com pessoas desconhecidas pela internet

28 de agosto de 2020

Há pouco mais de um mês a Delegada Fernanda Gehlen da Silva informou que pelo menos três pessoas haviam sido vítimas do “Golpe do Nudes” em Capinzal. A titular da Delegacia de Polícia da Comarca de Capinzal fez o alerta para os riscos de se relacionar com pessoas desconhecidas pela internet, trocar material pornográfico e depositar dinheiro na conta de desconhecidos.

Na manhã desta sexta-feira (28) a diretora do Procon, Marisete da Mota, voltou a falar sobre o assunto, uma vez que novas vítimas acabaram caindo no golpe, o mais recente foi registrado nesta quinta-feira (27). Ela cita de casos na região, inclusive na cidade de Erval Velho, onde uma pessoa depositou R$ 15 mil.

Golpe

O golpista cria um perfil utilizando uma foto de uma mulher jovem, de boa aparência, adiciona a vítima, que normalmente são do sexo masculino, e começa a trocar mensagens.

Depois de ganhar a confiança, o golpista começa a enviar e a solicitar fotos nuas. Após uma série de fotografias, o perfil então se identifica e começa a extorquir a vítima relatando que ira divulgar as fotos nas redes sociais da cidade.

Num segundo momento, o perfil falso de WhatsApp se passa dizendo que é familiar da jovem com quem a vítima se relacionava, que esta era menor de idade, que sofreu abalo emocionar e começa a cobrar o depósito de dinheiro para custear o suposto tratamento da mulher.

Mais Acessadas

Carregando...