Toda a operação que envolveu o desembarque da aeronave militar foi sigilosa – a FAB informou que se trata de uma questão de segurança

21 de setembro de 2020

Uma grande operação foi montada na Portonave, em Navegantes, para desembarcar o caça F-39 Gripen E, nova aeronave militar da Força Aérea Brasileira (FAB), neste domingo (20). Imagens obtidas pela coluna mostram o avião já em terra firme, mas suspenso em um equipamento para não tocar o solo.

As imagens foram enviadas pelo leitor Ricardo Roberto Waltrick, mas não têm autoria. Toda a operação que envolveu o desembarque da aeronave militar foi sigilosa – a FAB informou que se trata de uma questão de segurança.

O desembarque do caça, que passará a ser chamado de FAB4100 pela Força Aérea Brasileira, demorou cerca de seis horas. Embora o porto não comente os detalhes da operação, fontes disseram que a retirada da aeronave de dentro do navio foi um dos trabalhos mais delicados e cuidadosos já feitos no terminal. O caça estava todo lacrado e não podia ser tocado pelos operadores.

https://youtu.be/nirDWb-9kUA

O FAB4100 é o primeiro de uma série de 36 aeronaves encomendadas em 2014 pelo governo brasileiro à empresa sueca SAAB. O primeiro voo comandado por um oficial brasileiro ocorreu no dia 20 de agosto, na Suécia, quando o avião foi pilotado pelo major aviador Cristiano de Oliveira Peres, piloto de provas da FAB.

O contrato, firmado no governo Dilma, prevê transferência de tecnologia entre a Suécia e o Brasil – o modelo original, que chegou a Navegantes, dará origem a uma outra aeronave, com dois assentos, que será construída em parceria entre a SAAB, a Embraer e outras duas empresas.

Em nota, a Força Aérea Brasileira informou que “o primeiro caça estará equipado com instrumentos para a realização da campanha de testes no Centro de Ensaios em Voo do Gripen (GFTC, do inglês Gripen Flight Test Center), em Gavião Peixoto (SP). Futuramente, ao final do desenvolvimento da versão monoposto, essa unidade vai ser incorporada à frota da FAB”.

A decisão de trazer o avião a bordo de um navio levou em conta a necessidade de alguns ajustes, ainda. A Força Aérea Brasileira não informou ainda qual será o itinerário do caça, mas a expectativa é que ele permaneça em Navegantes até sexta-feira (25), quando deverá decolar do Aeroporto Ministro Victor Konder em direção à cidade de Gavião Peixoto.

O avião será apresentado oficialmente em Brasília, no dia 23 de outubro. Como ainda se trata de um protótipo, a FAB considera que as primeiras aeronaves em condições de serem utilizadas em operações sejam entregues para o Comando da Aeronáutica no fim do ano que vem.

Mais Acessadas

Carregando...