O Ministério Público pede a condenação de Ezequiel por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver

28 de outubro de 2020

O Poder Judiciário da Comarca de Capinzal agendou para esta quinta-feira (29), a partir das 09h nas dependências da Câmara de Vereadores, o julgamento de Ezequiel dos Santos, acusado de matar a ex-companheira Raquel Morozini, 24 anos.

A sessão do Tribunal do Júri será presidida pela juíza Mônica Fracarim, tendo na acusação a promotora Francieli Fiorin e na defesa o advogado Uriel Augusto Canalle.

O Ministério Público pede a condenação de Ezequiel por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

O crime ocorreu em julho de 2019. O corpo de Raquel foi localizado no dia 17 no Rio Uruguai, divisa entre os municípios de Campos Novos e Barracão, quatro dias após o desaparecimentoA vítima residia no bairro Parque Jardim Ouro, em Ouro.

Em razão das medidas de enfrentamento a pandemia da Covid-19, populares não poderão assistir a sessão.

BLUMENAU BOLSONARO BR-282 BR-470 brasil CAMPOS NOVOS CAPINZAL CATANDUVAS CAÇADOR CHAPECÓ CONCURSO CONCÓRDIA coronavírus Coronavírus em SC Covid-19 CURITIBANOS ECONOMIA ELEIÇÕES 2020 EMPREGO FLORIANÓPOLIS FRAIBURGO FRIO FUTEBOL HERVAL D’OESTE IRANI JOAÇABA LAGES LEBON RÉGIS LOTERIA MACONHA MONTE CARLO OESTE PIRATUBA PONTE SERRADA PREVISÃO DO TEMPO RIO DAS ANTAS SANTA CATARINA SANTA CECÍLIA SC-135 TANGARÁ TREZE TÍLIAS UNIARP VIDEIRA VÍDEO ÁGUA DOCE

Mais Acessadas

Carregando...