Caso foi registrado há uma semana como assédio e vítima pediu sigilo à polícia. Câmera registrou mulher caindo no meio da rua em Videira, no Oeste catarinense

11 de novembro de 2020

A mulher que se jogou de um carro em movimento em Videira, no Oeste catarinense, prestou depoimento à polícia na terça-feira (10). Uma câmera de monitoramento no Centro da cidade registrou o momento em que ela cai no meio da rua.

O caso foi registrado na semana passada como assédio. O delegado Denis Alves, responsável pela investigação da Polícia Civil, não confirmou se, com o depoimento, esta continua ou não sendo o rumo da investigação.

“A vítima pediu sigilo de toda a questão. Porém, estamos investigando o caso e, assim que o inquérito for concluído, encaminharemos ao poder judiciário”, explicou ele, sem detalhar a idade dela e se a mulher e o motorista do carro se conheciam.

Mulher que pulou de carro em movimento pede à polícia de SC sigilo em investigações

Ela foi ouvida na Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami) de Videira, que registrou o caso há uma semana. Segundo a Polícia Militar, ela se jogou do carro para fugir de uma situação de assédio por parte do motorista.

A câmera flagrou o momento em que a porta do carro é aberta e a mulher se joga, próximo a um cruzamento. O carro seguiu viagem sem prestar socorro e saiu do ângulo da câmera.

A mulher caí no meio da rua e fica por alguns segundos sentada. Depois, levanta sozinha e sai caminhando.

Segundo a Polícia Civil, ela ficou constrangida com a situação que ocorreu em uma cidade onde grande parte dos moradores se conhecem e esse seria um dos motivos para pedir sigilo.

Mais Acessadas

Carregando...