São 1290 casos confirmados desde o início da pandemia.

13 de novembro de 2020

Após a região Meio-Oeste ser classificada pelo COES, como risco grave para Covid-19, Joaçaba registra um novo aumento de casos. Nas últimas horas foram confirmados 21 casos de pacientes com o novo coronavírus. De acordo com boletim divulgado pela Prefeitura na tarde desta quinta-feira, 12, o município contabiliza 1290 confirmações desde o início da pandemia.

O número de casos ativos subiu para 41 pacientes, enquanto o número de pacientes recuperados chega a 1240. Além disso, o boletim registra aumento nos casos suspeitos que saltou de 72 para 120 pessoas que aguardam resultado dos exames coletados e encaminhado ao Lacen.

Dois pacientes de Joaçaba seguem internado no Hospital Universitário Santa Terezinha.

Ala Covid-19 do HUST está operando com seis leitos de UTI

Outros quatro leitos, aguardam resposta do Ministério da Saúde para renovar a habilitação

Os casos de Covid-19 estão aumentando na região e com isso, a preocupação com relação a leitos de UTI disponíveis. O Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST), por sua vez, está atuando com seis leitos de UTI na Ala Covid-19.

O diretor geral do HUST, professor Alciomar Marin explica que no início da pandemia foi feito pedido ao Ministério da Saúde, através da Secretaria de Estado de Saúde, para a habilitação dos primeiros seis leitos e em outro momento, para mais quatro, totalizando 10 leitos de UTI na Ala Covid-19. As habilitações foram concedidas em períodos distintos, expiraram, foram renovadas e recentemente expiraram novamente. O hospital, por sua vez, fez o pedido para renovação e conseguiu novo prazo, até dezembro de 2020 para os seis primeiros leitos instalados. Os outros quatro, tiveram a habilitação encerrada no início deste mês, mas a resposta quanto ao pedido de renovação da habilitação ainda não teve retorno.

— Estamos com esses quatro leitos desabilitados, ou seja, sem autorização para funcionar. Mas isso não se dá por prerrogativa do hospital, pelo contrário, a estrutura está ali preparada. O que falta é a habilitação. Diante disso, estamos agindo com a responsabilidade que nos é exigida, obedecendo as normativas legais que todo o serviço hospitalar que atende via SUS, precisa seguir — explicou Marin.

O HUST segue no aguardo dos trâmites por parte da Secretaria de Estado da Saúde, junto ao Ministério da Saúde quanto ao pedido de prorrogação da habilitação dos quatro leitos de Uti Covid-19 restantes.

— Solicitamos a prorrogação antes do prazo expirar e ainda estamos aguardando. Nosso papel, quanto aos encaminhamentos necessários para disponibilizar o número total de leitos de UTI Covid estamos fazendo, porém precisamos aguardar o aval dos órgãos de saúde — ressaltou Marin.

Mais Acessadas

Carregando...