Casa contará com acervo bibliográfico da Guerra do Contestado

18 de novembro de 2020

Ontem (16), a prefeita Sisi Blind anunciou que São Cristóvão do Sul terá a construção da réplica da Casa de Maria Rosa, uma das personagens que protagonizou a Guerra do Contestado, um dos maiores conflitos sociais do Sul do Brasil.

O projeto é da historiadora e escritora catarinense Rosa Maria Tesser, que trabalha e pesquisa o tema Contestado há mais de 20 anos, e é membro imortal da Academia de Letras do Brasil. Ela explica que a história traz poucos registros sobre Maria Rosa, mas há dados relevantes de locais em Santa Catarina que ela esteve presente, como é o caso de São Cristóvão do Sul. Na época, a região era parada de tropeiros, que seguiam de São Paulo para Rio Grande do Sul.

Habitada inicialmente por índios e bandeirantes na exploração de madeiras, o local denominado Caraguatá, interior do município, foi alvo de ataque dos rebeldes na Guerra do Contestado.

O lançamento do projeto está agendado para o próximo dia 26 de novembro, às 18 horas, na Câmara de Vereadores. O objetivo é construir a réplica da Casa de Maria Rosa na sede do município, que contará com acervo bibliográfico da Guerra do Contestado e ficará aberta para visitação do público e para pesquisas dos estudantes, com uma pequena biblioteca com acervo da história de Santa Catarina na Guerra do Contestado.

Mais Acessadas

Carregando...