Ronaldo Simão Rodrigues Prestes foi morto com dois golpes de faca

18 de novembro de 2020

Nesta quarta-feira (18), Sidney Lima dos Santos foi condenado por júri popular a pena de sete anos pelo homicídio de Ronaldo Simão Rodrigues Prestes. O réu não tinha antecedentes criminais e deve recorrer da sentença em liberdade.

Em novembro de 2019, Sidney teria se envolvido em uma discussão com a vítima, de 24 anos. O crime foi registrado dentro da loja de conveniência de um posto de combustíveis. “Bugrão”, como era conhecido a vítima, foi morto com dois golpes de faca.

Vídeo gravado mostra pessoas depredando a fachada da loja de conveniência após o crime

Mais Acessadas

Carregando...