Homem que supostamente negociaria carro de luxo com vítima está sendo procurado

26 de novembro de 2020

A Justiça determinou nesta quarta-feira (25) a prisão de dois suspeitos de envolvimento na morte do empresário de Balneário Camboriú, Emerson dos Santos, 29 anos. Como não foram encontrados, são considerados foragidos. Emerson sumiu após sair para negociar o carro, uma BMW X1, no último dia 13. Nesta segunda (23), o corpo foi encontrado em uma vala no município de Ilhota, próximo à BR-470, no Baú Baixo.

O delegado responsável pelo caso, Rodrigo Coronha, de Navegantes, solicitou as detenções à Justiça. A equipe tenta cumprir os mandados, mas ninguém foi localizado até as primeiras horas desta noite. Um deles, o principal suspeito, é o homem que Emerson encontraria para negociar o carro de luxo. Eles já se conheciam antes. Ainda não está claro para a polícia se houve um latrocínio ou homicídio.

Imagens de câmeras e informações de testemunhas auxiliaram Coronha. Conforme as investigações, o assassinato teria ocorrido no mesmo dia do encontro para a negociação do veículo. O delegado não detalhou a suposta participação de cada um no crime.

Os agentes foram até a casa do suspeito em Navegantes nesta quarta, mas não havia ninguém. O imóvel estava com indícios de que os moradores haviam saído recentemente do local. A procura continua.

O que causou a morte de Emerson ainda não foi confirmado pela perícia. O corpo foi velado em uma cerimônia rápida no fim da tarde desta terça-feira no cemitério Parque Jardins dos Florais, em Navegantes. O velório ocorreu ainda durante a noite.

Mais Acessadas

Carregando...