Autora do crime demonstrou arrependimento, delegacia investiga provável tentativa de aborto

4 de dezembro de 2020

Um vídeo mostra o momento que a moradora de um prédio em Balneário Camboriú abandona uma recém-nascida em uma caixa de sapatos dentro de uma lixeira. O crime ocorreu na tarde de sábado (28).

O vídeo mostra uma mulher caminhando com uma sacola nas mãos de forma tranquila. Ela chega até a lixeira e deixa um pacote com a caixa de sapatos, onde estava a bebê. As imagens mostram também ela ajustando o pacote no espaço e depois indo embora tranquilamente.

De acordo com a delegada Inara Danielle Marques Drapalski, da DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso) de Balneário Camboriú, que investiga o caso, a autora do crime é a mãe da recém-nascida, ela tem 31 anos, e mais dois filhos que não moram na mesma casa.

Confira o vídeo:

A mulher confessou o crime à delegada. “Ela narrou que soube que estava grávida e teve fortes dores que acabaram expulsando o bebê espontaneamente. Quando se deparou com aquela situação ficou muito nervosa, não soube o que fazer e acabou depositando o bebê em uma caixa de sapatos e colocando em uma lixeira”.

A mulher demonstrou arrependimento e a delegacia investiga possível aborto. “Ela falou que jamais gostaria de ter feito aquilo e acabou ligando de imediato para o SAMU, informando que esta criança estava depositada em uma lixeira para que fizessem o resgate imediato. Ela responde pelo crime de abando de incapaz e expor a perigo a vida do recém-nascido e também investigamos o possível aborto provocado pela A mulher demonstrou arrependimento e a delegacia investiga possível aborto. “Ela falou que jamais gostaria de ter feito aquilo e acabou ligando de imediato para o SAMU, informando que esta criança estava depositada em uma lixeira para que fizessem o resgate imediato. Ela responde pelo crime de abando de incapaz e expor a perigo a vida do recém-nascido e também investigamos o possível aborto provocado pela gestante”, finalizou Inara.

De acordo com a assessoria do Hospital Ruth Cardoso, onde a bebê segue internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatal, o estado da criança segue estável, e ela permanece entubada.

Mais Acessadas

Carregando...