Crime ocorreu no ano 2017 após discussão em um bar na cidade

12 de dezembro de 2020

Dois homens acusados de matar um homem a golpes de facão foram condenados individualmente a 14 anos de reclusão por homicídio duplamente qualificado, em sessão do Tribunal do Júri realizada na comarca de Videira, nesta semana.

O crime teve origem em uma discussão num bar da cidade ainda  no ano de 2017 onde um dos réus deu um soco e discutiu com a vítima. A briga foi apartada pelos frequentadores do estabelecimento. Para acalmar os ânimos, o dono pediu que todos se retirassem do ambiente. Conforme a denúncia, o agressor mais um colega aguardaram a saída da vítima, perseguiram-na até alcançá-la e deram pelo menos três golpes de facão.

As qualificadoras foram reconhecidas pelos jurados. Na sentença, o magistrado negou a um dos réus o direito de recorrer da decisão em liberdade. Ao outro concedeu o direito de recorrer livre, pois este se manteve em liberdade no curso do processo.

A decisão final ficou em  homicídio qualificado por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima.

Ocorrência na época do crime

Uma informação repassada ao 190 por volta das 23:15 Hs, deste sábado(22), mobilizou as guarnições da PM, as quais deslocaram até a rua Nossa Senhora da Saúde no Bairro De Carli, Videira, onde estaria caída uma pessoa com ferimentos.

Chegando ao local, foi acionado o Corpo de Bombeiros, os quais constataram que a vítima Juarez Franke, 43 anos, estava em óbito, não sendo possível a condução ao hospital.

De acordo com os levantamentos da Policia Militar, a vítima estaria em um bar, onde começou uma confusão e no local teria sido agredido com socos. Segundo uma testemunha, ele seguiu pela rua Nossa Senhora da Saúde, local em que foi atingido por golpes de arma branca, possivelmente um facão.

Os Policiais Militares, coletaram informações com testemunhas e familiares, registraram o Boletim de Ocorrência no local e irão repassar aos dados a Policia Civil para que sejam efetuadas as investigações quanto a autoria do crime.

Mais Acessadas

Carregando...