O percentual representa a passagem de 3,25 mil MW em média, em novembro de 2019, para 3,38 mil MW, em 2020

15 de dezembro de 2020

O consumo de energia elétrica cresceu 4% em novembro em Santa Catarina, segundo dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) divulgados nesta segunda-feira (14). O percentual representa a passagem de 3,25 mil MW em média, em novembro de 2019, para 3,38 mil MW, em 2020.  

O resultado reflete a retomada econômica em Santa Catarina após as restrições da pandemia no início do ano. Novembro foi o terceiro mês de 2020 com o maior consumo, atrás apenas de janeiro e fevereiro.

Em novembro, o setor regulado – que concentra principalmente as residências – registrou alta de 1%. No mercado livre – onde estão a maioria das grandes empresas – grande parte dos setores apresentou alta.

Os maiores percentuais foram observados nos segmentos de químicos (+33%), saneamento (+18%), minerais não-metálicos (+18%), bebidas (+18%), manufaturados diversos (+15%), comércio (+14%), madeira, papel e celulose (+12%), e veículos (+12%). O segmento de serviços ainda está negativo (-3%).

No mês, a média nacional variou positivamente em 0,4%. Santa Catarina teve o quarto maior crescimento, atrás de Rondônia (+8%), Mato Grosso (+8%), e Acre (+5%). O Amapá, afetado pelo apagão, liderou as perdas (-26%). Os outros estados do Sul também registraram avanço: Rio Grande do Sul (+2%) e Paraná (+2%).

Com o crescimento de novembro, o segundo semestre em Santa Catarina acumula uma alta de 3,8% em relação ao ano passado. No primeiro semestre, houve retração de 5%.

Mais Acessadas

Carregando...