Outros dois municípios catarinenses aparecem entre os dez com maior PIB da região

15 de janeiro de 2021

​Joinville é a terceira cidade mais rica da região Sul do país, de acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O órgão publicou o levantamento do produto interno bruto (PIB) – soma de todos os bens e serviços produzidos – dos municípios brasileiros referente a 2018. A maior cidade de Santa Catarina fica atrás apenas de Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS).

As capitais paranaense e gaúcha ficaram em 5º e 7º lugar entre os municípios com maior PIB do Brasil, com R$ 87,1 bilhões e R$ 77,1 bilhões, respectivamente. Joinville aparece na 28ª posição nacional, com R$ 30,7 bilhões. O valor representa 0,44% em relação ao produto interno bruto nacional.

O PIB de Joinville apresentou um crescimento de 12,4% em relação ao ano anterior, quando foi de R$ 27,3 bilhões. Em 2017, a cidade catarinense ocupava a 29ª posição em todo o país, posição que se repetiu também em 2016.

O ranking das dez cidades mais ricas do Sul do país ainda apresenta outras duas cidades catarinenses, duas gaúchas e três paranaenses, que se juntam a Curitiba, Porto Alegre e Joinville.

Itajaí é a quarta cidade mais rica do Sul e a 36ª do Brasil, com R$ 25,4 bilhões. Florianópolis aparece na sétima colocação na região e em 45ª em território nacional, com PIB de R$ 21 bilhões.

Ranking das dez cidades mais ricas da região Sul:

1ª Curitiba (PR) – R$ 87,1 bilhões

2ª Porto Alegre (RS) – R$ 77,1 bilhões

3ª Joinville (SC) – R$ 30,7 bilhões

4ª Itajaí (SC) – R$ 25,4 bilhões

5ª Caxias do Sul (RS) – R$ 24,6 bilhões

6ª São José dos Pinhais (PR) – R$ 24,1 bilhões

7ª Florianópolis (SC) – R$ 21 bilhões

8ª Londrina (PR) – 19,9 bilhões

9ª Canoas (RS) – 19,1 bilhões

10ª Maringá (PR) – 18,5 bilhões

Ranking das dez cidades mais ricas de Santa Catarina:

1ª Joinville – R$ 30,7 bilhões

2ª Itajaí – R$ 25,4 bilhões

3ª Florianópolis – R$ 21 bilhões

4ª Blumenau – R$ 16,9 bilhões

5ª São José – R$ 10,6 bilhões

6ª Chapecó – R$ 9,6 bilhões

7ª Jaraguá do Sul – R$ 8,9 bilhões

8ª Criciúma – R$ 7,6 bilhões

9ª Brusque – R$ 6,3 bilhões

10ª Balneário Camboriú – R$ 5,5 bilhões

AN

Mais Acessadas

Carregando...