Ele foi abordado por um policial militar à paisana e posteriormente entregue à guarnição que o conduziu até o presídio regional de Joaçaba

20 de janeiro de 2021

Na manhã desta terça-feira (19), policiais militares cumpriram um mandado de prisão ativo, expedido pela Segunda Vara da Comarca de Capinzal, em desfavor de um homem. Ele foi abordado por um policial militar à paisana e posteriormente entregue à guarnição que o conduziu até o presídio regional de Joaçaba.

Por volta das 14h15, a guarnição foi acionada para atender uma ocorrência no âmbito da Lei Maria da Penha no loteamento Nossa Senhora de Lurdes, em Capinzal. No local, a vítima relatou que seu marido a agrediu com tapas e socos no rosto e braços, além
de ameaçá-la de morte. Na chega da guarnição, o autor já havia se evadido do local. Ademais, a guarnição, juntamente do Conselho Tutelar e o Creas, prestou apoio para conduzir e abrigar a vítima e seus filhos devido às ameaças. Por fim, foi confeccionado o boletim de ocorrência, o levantamento fotográfico e prestado as orientações cabíveis.

Por volta da 0h40 desta quarta-feira (20), a guarnição foi acionada para atender uma ocorrência de furto em um estabelecimento na Rua Ernesto Hachmann, em Capinzal. No local, o proprietário relatou que seu estabelecimento foi arrombado e do interior foram levadas quatro garrafas de vodka. Diante dos fatos, a guarnição confeccionou o boletim de ocorrência, o levantamento fotográfico e orientou a vítima.

Mais Acessadas

Carregando...