Flor pode ser usada como armadilha de insetos que atacam a cultura do tomateiro

16 de fevereiro de 2021

O girassol é uma cultura que tem espaço no Brasil. Nesta safra o país devem ser pouco mais de 78 mil toneladas colhidas. É plantado em cinco Estados, sendo Mato Grosso o maior produtor, com cerca de 41 mil toneladas.

A flor fornece óleo e até as sementes para consumo in natura, além de ser ótimo para a recuperação de solo devido às suas raízes profundas. O que poucos sabem é de sua função como aliado do tomateiro.

Segundo a pesquisadora Janaína Pereira dos Santos, da Estação Experimental da Epagri, em Caçador (SC), o amarelo atrai as principais pragas do tomateiro e o pólen e o néctar servem de alimentos para esses insetos, que preferem a flor do girassol ao invés do tomate.  “Ele funciona como planta-armadilha. Utilizamos o girassol na bordadura do cultivo principal e ele atrai insetos como as vaquinhas, lagartas que causariam prejuízos no tomate”, explica.

O resultado é uma diminuição do número de aplicações na lavoura, deixando o manejo mais sustentável e integrado. “O ciclo do girassol é mais curto do que o do tomateiro então tem que ir repondo as plantas de girassol para que sempre haja flor na lavoura”, identifica Janaína.

Mais Acessadas

Carregando...